Light aprova emissão de debêntures e regaste antecipado de bonds de US$ 210 mi

LinkedIn

Investing.com – A Light (BOV:LIGT3) informou ao mercado na tarde de sexta-feira que seu Conselho de Administração aprovou a 17ª emissão de debêntures simples, com colocação de esforços restritos, no valor total de R$ 1,0 bilhão. Os recursos serão destinados, principalmente, para o refinanciamento de dívidas existentes e reforço de capital de giro.

Além disso, a companhia também aprovou o resgate antecipado de 35% dos bondsemitidos pelas suas controladas Light Sesa e Light Energia, no montante equivalente a US$ 210 milhões.

As operações complementam as atividades de liability management já realizadas pela companhia com recursos obtidos por meio de sua oferta de distribuição primária de ações concluída em 17 de julho de 2019, com destaque para:

– Resgate antecipado da 14ª emissão de debênture da Light Sesa no montante de R$ 328 milhões, cujo custo era de CDI + 3,5% a.a. e vencimento original em março/2021;

– Encerramento de operações de swap referentes à 9ª emissão de debênture da Light Sesa, 1ª série, pelo montante total de R$ 101 milhões, cujo valor nocional era de R$ 500 milhões com custo de IPCA + 7,82% a.a. e vencimento em maio/2021;

– Pagamento antecipado de US$ 90 milhões, de um total de US$ 180 milhões, do financiamento da Light Sesa com o Citibank N/A (“Citibank”) cujo custo era de CDI + 2,2% a.a., sendo o saldo remanescente reperfilado a CDI + 1,5% a.a., com vencimento em agosto/2021; e

– Captação pela Light Energia com o Citibank de US$ 80 milhões ao custo de CDI + 1,30% a.a. e vencimento tipo bullet em 2 anos.

A Light informou também que dará sequência à agenda de liability management, com objetivo de otimizar seu perfil de dívida, reduzir os custos financeiros e, assim, propiciar geração de valor para seus acionistas.

Deixe um comentário