Banco do Brasil avança com lançamento de follow-on de cerca de R$ 5,7 bilhões

LinkedIn

Investing.com – O Banco do Brasil (BOV:BBAS3) anunciou nesta quinta-feira oferta pública com distribuição secundária de 132.506.737 ações, estimada para ser precificada em 17 de outubro. Fazendo com que as ações operam com expressiva alta depois de duas sessões seguidas de queda.

Às 14h25, os papéis do banco subiam 2,72%, a R$ 44,60, na bolsa paulista, enquanto o Ibovespa, referência do mercado acionário brasileiro, recuava 0,54%.

De acordo com o prospecto preliminar divulgado ao mercado pelo banco, os acionistas vendedores na oferta serão o próprio banco (64.000.000 ações) e o Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FI-FGTS (68.506.737 ações).

Considerando o preço de fechamento das ações do BB na véspera, a oferta alcança R$ 5,75 bilhões. A operação está sendo coordenada por Caixa Econômica Federal, BB Investimentos, Credit Suisse, Itaú BBA, JPMorgan e XP Investimentos.

De acordo com o documento, não será admitida a distribuição parcial no âmbito da oferta, que será cancelada se não houver interesse pela totalidade das ações oferecidas até a data de conclusão do procedimento de ‘bookbuilding’.

A edição desta quinta-feira da Coluna do Broad, do Estadão, informou que por questões burocráticas, e pelo prazo apertado, a União não conseguiu repassar a tempo as ações que detém do BB para o BNDES e fazer parte do follow-on. Com isso, o total da operação teve valor reduzido em cerca de R$ 1 bilhão.

Deixe um comentário