Bom dia, Investidor! 30 de outubro de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Cielo (CIEL3): A Cielo teve lucro líquido de R$ 358,1 milhões entre julho e setembro, cifra 51,7% inferior à reportada no mesmo período do ano passado. Em IFRS, o lucro atingiu R$ 362,4 milhões, queda 54,3%.

Magazine Luiza (MGLU3): A rede varejista Magazine Luiza registrou lucro líquido ajustado de R$ 136,3 milhões no terceiro trimestre, superando a melhor das projeções compiladas pela Bloomberg, que era de R$ 127 milhões. O resultado representa uma alta de 12,7% sobre o mesmo período de 2018. O valor ajustado considera a diluição das despesas financeiras e pagamento de juros sobre capital próprio.

Gerdau (GGBR4): A Gerdau apresentou um lucro líquido consolidado de R$ 289 milhões no terceiro trimestre, representando uma queda de 63,5% em relação ao resultado reportado no mesmo intervalo do ano passado. Em termos ajustados, o lucro teria recuado 59,1%, para R$ 408 milhões.

Multiplan (MULT3): A Multiplan registrou um lucro líquido de R$ 121,525 milhões no terceiro trimestre deste ano, desempenho 4,4% superior ao reportado no mesmo período do ano passado. A empresa informou que excluindo a conta de remuneração baseada em ações, o lucro líquido teria aumentado 12,0% chegando a R$ 132,2 milhões.

Santander Brasil (SANB11): O Santander Brasil obteve um lucro líquido no resultado gerencial de R$ 3,705 bilhões no terceiro trimestre, uma alta de 1,9% sobre o desempenho do segundo trimestre deste ano. Em nove meses, o lucro soma R$ 10,824 bilhões, crescimento de 20,4%.

Smiles (SMLS3): A Smiles apresentou lucro líquido de R$ 149,5 milhões no terceiro trimestre deste ano, significando queda de de 29,5%. Desconsiderando efeitos extraordinários registrados há um ano, o lucro teria recuado 2,5%.

Renova (RNEW11): A Renova Energia foi atuada pela Receita Federal com base na Operação Descarte, questionando apuração de cálculo de impostos “supostamente devidos”. A companhia diz que tomou conhecimento do auto de infração e que vai analisar.

Copel (CPLE6): A Copel lançou um novo Programa de Demissão Incentivada (PDI). A companhia estima gastar R$ 85 milhões em indenizações, e afirma que a potencial redução das despesas é de R$ 142,1 milhões ao ano a partir de 2020. Segundo a empresa, 492 pessoas se enquadram nestes requisitos atualmente.

Recomendação de ativos

Magazine Luiza (MGLU3): O Bradesco BBI reiterou a recomendação de “Outperform” para o papel do Magalu, mas com um novo preço-alvo para 2020 de R$ 45.

Notícias

Setor de serviços: O índice que mede a confiança no setor de serviços,, da Fundação Getulio Vargas, caiu 0,4 ponto em outubro, para 93,6 pontos, após subir 1,7 ponto no mês anterior.

Taxa básica de juros: O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reunirá nesta quarta-feira (30), e os analistas do mercado financeiro preveem uma nova redução na taxa básica de juros, a Selic. A taxa está em 5,5% ao ano, e o mercado prevê uma redução para 5% ao ano. A decisão deve ser anunciada por volta das 18h. Se confirmada a nova redução, a Selic atingirá o menor patamar em 30 anos, ou seja, desde que o Banco Central começou a série histórica.

Dólar

O dólar opera em alta nesta quarta-feira (30), à espera de decisões sobre juros no Brasil e nos Estados Unidos, esperadas para esta tarde. Às 9h06, a moeda norte-americana tinha alta de 0,16%, a R$ 4,009. Na terça, o dólar encerrou o dia em alta de 0,26%, vendido a R$ 4,0026.

Commodities

Minério de ferro: A sessão desta quarta-feira foi marcada pela estabilidade para os preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para janeiro do próximo ano, ficou em 622,50 iuanes por tonelada, o mesmo patamar do valor de liquidação da sessão de terça-feira.

Petróleo: Os Futuros do Petróleo caíram durante a sessão asiática. Na bolsa mercantil de Nova York, os contratos futuros do petróleo, com vencimento em dezembro, foram negociados na entrega a US$ 55,23 por barril no momento da escrita, recuando 0,56%.

Ouro: Os contratos futuros do Ouro subiram durante a sessão asiática. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos de referência do Ouro, com vencimento em dezembro, encerraram a jornada a US$ 1.491,15 por onça troy, avançando 0,03%.

Agenda econômica

■ Brasil

  • Indice IGP-M mensal (outubro) – FGV
  • Indice IGP-M anual (outubro) – FGV
  • Fluxo cambial semanal – Banco Central
  • Decisão da taxa básica de juros Selic do Banco Central

■ Indicadores Internacionais

  • Alemanha – Taxa de desemprego mensal (outubro)
  • Zona do Euro – Confiança do consumidor mensal (outubro)
  • EUA – Pedidos de hipotecas MBA semanal 
  • EUA – Prévia de pesquisa de emprego ADP mensal (outubro)
  • EUA – Prévia do PIB trimestral (3T)
  • EUA – Deflator de preços do PIB (3T)
  • EUA – Deflator núcleo de preõs do PIB (3T)
  • EUA – Variação de consumo real das famílias (3T)
  • EUA – Variação de estoques de petróleo API semanal 
  • EUA – Estoques de petróleo bruto EIA
  • EUA – Decisão da taxa-alvo de juros Fed Funds do Federal Reserve
  • Japão – Produção industrial mensal (setembro)
  • China – PMI Industrial (outubro)

■ Eventos Corporativos

  • General Eletric – Lucro líquido (3T)
  • CME  – Lucro líquido (3T)
  • Santander Brasil – Lucro líquido (3T)
  • Gerdau – Lucro líquido (3T)
  • Metalúrgica Gerdau – Lucro líquido (3T)
  • GPA – Lucro líquido (3T)
  • Arezzo – Lucro líquido (3T)
  • Lojas Americanas – Lucro líquido (3T)
  • Log Commercial – Lucro líquido (3T)
  • B2W – Lucro líquido (3T)
  • Odontoprev – Lucro líquido (3T)

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
MRVE3  +3,03% R$ 18,05
RADL3  +2,24% R$ 109,40
GOLL4  +2,03% R$ 38,26
MGLU3 -3,56% R$ 41,15
PCAR4 -2,86% R$ 81,90
NATU3 -2,79% R$ 30,33

Deixe um comentário