Coluna do TradingView: Rumores trazem medo para o mercado

LinkedIn

Dólar sofreu forte retração nesse inicio de outubro enquanto o Ibovespa em suas altas ameaça perder a sua tendência. Confira o que pensam os analistas do TradingView.

Paulo Tedesco

Índice Bovespa – (BOV:IBOV)

Ibov teve forte queda seguindo rumores da saída do super ministro Paulo Guedes após reforma da Previdência e encaminhamento da Reforma Fiscal, isto já para Fevereiro do ano que vem. O benchmark formou um marubozu de baixa e vai testar agora o suportão dos 100k. Opera com médias e HiloActivator vendidos.

Ductor Marcus

Banco Inter PN – (BOV:BIDI4)

BIDI continua corrigindo e desde o topo até o meu hipotético alvo teremos uma correção de aproximadamente 40%. E ainda tem gente que acha difícil encontrar oportunidades… Duro é comprar no topo, mas estratégia e gerenciamento de risco é que importa nas operações com faca caindo.

Filipe Ramos

Dólar Americano X Real Brasileiro (FX:USDBRL)

4.20 parece ser uma barreira significativa pra os players do Dólar. Nos últimos 4 anos esse patamar foi testado 4 vezes sem rompimento significativo. Se nada de radical acontecer no cenário macro, acredito que esse nível continuará ser uma zona de vendedores, ou seja uma resistência. Dólar ainda flerta com esta região mas a divergência com o DI que vem caindo forte mês a mês e o padrão de resistência indicam que podemos voltar a ver o dólar caindo abaixo dos 4 reais.

Realizador

GOLD – (PM:XAUUSD)

Projetei de forma clássica, usando a ferramenta de retração de fibonacci, o alvo de 61.8% do pivô de alta. Usei a extensão de fibonacci para projetar o possível alvo da onda 3, essas regiões estão em preto. Usei a extensão de fibonacci para projetar o alvo da onda 5 da onda 3, essas regiões estão em roxo.

Tudo indica que a onda 4 primária deverá iniciar a sua queda no ouro, dentro da região em vermelho que engloba todos os alvos de fibonacci dessa onda 3.

Kleber Shimabuku

Petrobras PN – (BOV:PETR4)

PETR4 encontra-se fazendo uma lateralização em região de topo, todo cuidado é pouco. Para PETR4 subir precisa romper a região dos 29,00 de uma vez por todas, e aí poderemos mirar a região dos 33,20 à 34,00 (resistência de Maio de 2008) como alvo de próxima resistência.

Atenção redobrada no suporte dos 23,90, pois caso o perca, podemos ter uma realização mais forte com alvo no próximo suporte dos 20,34. Nós podemos não lembrar de certos suportes e resistências, mas acreditem, o mercado lembra.

Disclaimer: Análises aqui são apenas estudos. Não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda. Tampouco refletem a opinião do veículo de mídia no qual estão sendo vinculadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado. Se você não tem experiência, não opere. E se tiver experiência, não opere também.

Nossos Autores:

Paulo C. Tedesco – Paulo Cesar Cano Ramirez, trader atuante em vários mercados. pctedesco.blogspot.com.

Ductor Marcus – “Ductor Marcus” é advogado tributarista e especulador da bolsa de valores há mais de 17 anos. http://momentoeconomico.com.br/

Filipe Ramos – Trader desde 2016, focado em índices e commodities. Geólogo de Formação.

Realizador – É especulador do mercado de criptoativos. Acompanhe suas análises no TradingView.

Kleber Shimabuku – Desenvolvedor de sistemas, trader de ações, opções e futuros. https://shimatrader.com.br

Deixe um comentário