Lucro líquido da EDP Brasil atinge R$ 353 milhões no 3º trimestre

LinkedIn

A EDP (BOV:ENBR3) registrou lucro líquido de R$ 353,979 milhões no terceiro trimestre deste ano, valor 15,3% superior à reportada no mesmo período do ano passado. Já o lucro líquido ajustado – que exclui efeitos da atualização do ativo financeiro indenizável (VNR), contabilização IFRS de transmissão, venda de PCHs, Santa Fé e Costa Rica e Ressarcimento do FID em Pecém – somou R$ 175,809 milhões (-31,2%),

O Ebitda atingiu R$ 778,808 milhões, alta de 14,6%. Já o Ebitda ajustado recuou 15,4%, para R$ 508,853 milhões. A receita líquida consolidada recuou 9,7%, a R$ 3,435 bilhões. Já a dívida liquida aumentou 20%, chegando a R$ 5,3 bilhões, ante R$ 4,395 bilhões de um ano antes.

Reação do mercado

O Credit Suisse avaliou que a EDP Brasil publicou resultado fraco e um pouco abaixo das projeções da instituição, entretanto significativamente pior do que a previsão do consenso. “A diferença foi principalmente por causa do resultado de geração, que sofreu com os impactos do GSF, menor preço spot e menos energia comprada de Pecém”, escreveu, em relatório.

Sobre a receita consolidada, o recuo de 9,7% ocorreu por causa da menor receita da trading e aumento em operações intercompany. “Se olhar o resultado do IFRS, os números vieram fortes por causa da maior margem de construção e ajustes nos ativos financeiros da distribuição, mas esses elementos não tem efeito caixa”, acrescentou.

Confira abaixo o release completo divulgado pela empresa: 

Deixe um comentário