Senado conclui aprovação da reforma da Previdência em primeiro turno

LinkedIn

O Senado concluiu hoje à tarde a votação do texto principal da reforma da Previdência. Foram rejeitados diversos destaques que acabariam por reduzir a economia feita pela proposta original do relator Tasso Jereissati (PSDB-CE). A única exceção foi o pagamento do abono anual do PIS/Pasep, cuja emenda foi aprovada ontem à noite, e mudou o limite de renda para o trabalhador ter direito ao abono, de R$ 2 mil como queria o governo para R$ 1,2 mil. Com isso, a expectativa é que a economia da reforma diminua em R$ 72 milhões em 10 anos.

Agora o texto terá de ser votado em segundo turno no Senado. Há uma discussão se a votação ocorrerá já na próxima semana, dia 10, ou ficará para o dia 15. Os senadores tentam negociar com o governo benefícios para aprovar a reforma.

Deixe um comentário