Usiminas reporta prejuízo de R$ 139 mi no 3T19

LinkedIn

Nesta sexta-feira, 25, a Usiminas (BOV:USIM5) divulgou seus resultados do terceiro trimestre de 2019. No período, a companhia registrou prejuízo de R$ 138,98 milhões, revertendo o lucro líquido de R$ 171 milhões reportado no trimestre anterior. No mesmo período do ano passado, a Usiminas teve lucro de R$ 289 milhões.

O Ebitda Ajustado atingiu R$441 milhões no 3T19, contra R$576 milhões no 2T19, uma redução de 23,4%, resultante, principalmente, dos maiores custos de produtos vendidos em todas as Unidades de Negócio da Companhia, parcialmente compensados por maiores volumes de venda de minério de ferro na Unidade de Mineração.

De julho a setembro, a receita líquida da Usiminas foi de R$3,8 bilhões, contra R$3,7 bilhões no 2T19, crescimento de 4,2%.

Reação do Mercado

Para o Morgan Stanley, a Usiminas teve um trimestre com resultados modestamente abaixo do consenso. OEbitda ajustado veio bem abaixo das estimativas do banco. “Do lado positivo, apesar da grande perda no lucro, o caixa das operações superou generosamente nosso número”, escreveram os analistas Carlos de Alba, Eduardo Bordalo e Jens Spiess.

A recomendação dos analistas para a Usiminas é “equal-weight”, justificado pela expectativa de que os papéis da companhia não superem o Ibovespa até que as condições macroeconômicas do Brasil melhorem – com a volta, por exemplo, da confiança nos negócios e melhora da atividade econômica.

Confira abaixo o release completo divulgado pela empresa: 

 

Deixe um comentário