Braskem propõe encerrar extração de sal em Maceió

LinkedIn

A Braskem (BRKM5) informou nesta quinta, 14, que apresentou à Agência Nacional de Mineração (ANM) medidas para encerramento definitivo das atividades de extração de sal em Maceió, com o fechamento dos seus poços.

Segundo a companhia, foi feita proposta à ANM para a criação de uma área de resguardo no entorno de determinados poços, o que envolverá realocação de pessoas, desocupação de imóveis e a adoção de medidas adicionais de monitoramento.

“Essas medidas são baseadas em estudo conduzido pelo Instituto de Geomecânica de Leipzig (IFG) da Alemanha, referência internacional em geomecânica de poços de sal, e deverão ser realizadas em coordenação com a Defesa Civil e demais autoridades”, esclareceu a Braskem.

A estimativa preliminar da companhia, a ser confirmada em diálogos com as autoridades, é que esta área de resguardo envolva aproximadamente 400 imóveis e 1.500 pessoas.

A Braskem afirmou que a recomendação é de que sejam adotadas medidas complementares de monitoramento, sem necessidade de desocupação de imóveis e realocação de moradores.

“As medidas propostas são relativas ao encerramento definitivo das atividades de extração de sal e fechamento dos seus poços. Em relação ao fenômeno geológico ocorrido em Maceió, a Braskem seguirá colaborando com as autoridades, com apoio de especialistas independentes, na identificação das causas e na implementação das ações necessárias”, afirmou.

Deixe um comentário