Radar Empresas: Embraer, Petrobras e Marfrig

LinkedIn

Embraer começou a semana informando que sua aeronave de transporte multimissão se chamará Embraer C390 Millennium. Em 2009, a Força Aérea Brasileira (FAB) contratou a Embraer para projetar, desenvolver e fabricar a aeronave, em substituição à sua frota de C-130.

As entregas para a FAB tiveram início em setembro. A fabricante brasileira também informou ainda a formação de uma joint venture com a Boeing para promover e desenvolver novos mercados para o C-390 Millennium. A joint venture, chamada Boeing Embraer – Defense, só começará a operar quando receber todas as aprovações regulatórias, disse a empresa.


Petrobras iniciou a produção de petróleo e gás natural, por meio da plataforma P-68, do campo de Berbigão, no pré-sal da Bacia de Santos. A P-68 é a quarta unidade a entrar em operação em 2019, em linha com o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras.

“Com capacidade para processar diariamente até 150 mil barris de óleo e comprimir até 6 milhões de m³ de gás natural, a P-68 contribuirá para o crescimento da produção da Petrobras, principalmente em 2020, com a interligação de novos poços do campo de Berbigão e com a interligação de poços do campo de Sururu”, informou a estatal.


Marfrig anunciou, que por meio da sua subsidiária integral, a NBM US Holdings, Inc., celebrou acordo com o objetivo de aumentar sua participação no capital social da controlada norte-americana National Beef Packing Company, LLC (National Beef), por US$ 860 milhões.

O acordo prevê a transferência para a NBM e demais acionistas minoritários de 5.395,17 ações representativas de 31,17% do capital votante e total da National Beef. Concluída a transação, a participação da NBM passará dos atuais 51% para 81,73%.

Deixe um comentário