AES Tietê pede informações para analisar fusão e Eneva pede reunião eletrônica em 30 de março

LinkedIn

A AES Tietê Energia (BOV:TIET11) informou que foi realizada nesta quarta, 25, reunião extraordinária do conselho de administração dando continuidade ao processo de análise da oferta “hostil” apresentada pela Eneva (BOV:ENEV3).

Participaram os assessores legais e financeiros da AES Tietê (BOV:TIET3) bem como os integrantes do grupo de executivos designados para coordenar as atividades de avaliação da proposta para a operação.

“Nessa reunião o conselho de administração tomou ciência da extensão das informações faltantes para a correta avaliação da operação, inclusive a estrutura societária pretendida pela Eneva para sua implementação. Tal informação, embora solicitada de forma reiterada desde a apresentação da proposta, não foi disponibilizada pela Eneva até o momento, sendo ela essencial para que sejam cumpridos os requisitos mínimos para a convocação de uma assembleia”, declarou a AES em comunicado ao mercado.

A AES Tietê (BOV:TIET4) afirmou também que enviou nesta quarta, 25, correspondência a Eneva solicitando mais uma vez as informações básicas necessárias para a análise da proposta. Entre essas informações fundamentais faltantes estão: estrutura legal da transação, potenciais sinergias, embasamento legal para uso do GAESTietê ágio e do prejuízo fiscal.

Sem esses dados a companhia não consegue, em termos práticos e legais, avançar na condução das tratativas com a Eneva.

O conselho de administração da AES Tietê estabeleceu a continuidade do plano de trabalho para a avaliação da proposta, sempre assumindo o recebimento da documentação necessária.

A AES Tietê disse que a Eneva (BOV:ENEV3) solicitou uma lista de seus acionistas, porém sem o correto embasamento legal para tanto, o que foi explicado aos seus assessores.

A Eneva solicitou na manhã desta quinta-feira (26) uma reunião eletrônica com a AES Tietê em 30 de março para discutir termos da fusão.

Deixe um comentário