Bom dia, Investidor! 26 de março de 2020

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Via Varejo (VVAR3): A Via Varejo teve no 4T19 prejuízo contábil de R$ 875 milhões, afetado por ajustes não recorrentes de R$ 953 milhões. Excluindo os ajustes não recorrentes, entre eles contingências de R$ 1,3 bilhão, grande parte ligada à investigação de fraude contábil, a Via Varejo registrou lucro operacional de 78 milhões de reais no 4T19.

O Ebitda ajustado somou R$ 605 milhões no 4T19, alta de 91,4% frente ao mesmo intervalo de 2018. A margem Ebitda ajustado passou de 4,2% para 8%.

JBS (JBSS3): divulgou nesta quarta, 25, à noite, o resultado do 4T19 e de 2019.

Em 2019, a JBS registrou lucro líquido de R$ 6,1 bilhões – o maior já registrado na história da companhia – o que representa um lucro por ação de R$2,28 e um aumento de aproximadamente 241x frente ao exercício de 2018. 

No 4T19, a JBS registrou um lucro de R$2,4 bilhões, 332,4% superior ao lucro líquido reportado no 4T18, e que representa um lucro por ação de R$0,91.

Em 2019, o EBITDA consolidado ajustado foi de R$19,9 bilhões, um aumento de 33,9% em relação ao ano anterior. 

A margem EBITDA ajustada aumentou de 8,2% para 9,7%. No 4T19, o EBITDA consolidado ajustado foi de R$5,7 bilhões, um aumento de 67,2% em relação ao 4T18. A margem EBITDA ajustada do trimestre foi de 9,9%. Destaque para as unidade JBS USA Pork, JBS Brasil e PPC que registraram no período crescimento no EBITDA em IFRS de 117,0%, 66,2% e 63,4%, respectivamente.

Plano de recompra

A JBS anunciou um plano de recompra de ações. A companhia poderá adquirir até 10% das ações em circulação. O prazo máximo para realização das aquisições é de 18 meses, iniciando-se em 25 de março.

IRB-Brasil Resseguros (IRBR3): informou nesta quarta, 25, que face ao estado de emergência decretado pela União e pela evolução da pandemia da Covid-19 e da recente alteração em sua administração, a companhia entendeu ser no melhor interesse dos acionistas o cancelamento da convocação da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária designada para o dia 30 de março de 2020.

No mesmo comunicado, o IRB informou que seu conselho de administração recomendou à nova diretoria estatutária que, considerando o momento atual, reavalie a proposta de distribuição de dividendos, para sua posterior revisão, sobretudo em razão da incerteza de cenários, decorrentes do superveniente agravamento da crise em virtude da Covid-19. 

“A companhia recentemente promoveu relevantes alterações em sua administração, inclusive com a substituição de todos os integrantes de sua diretoria estatutária, além de ter havido a indicação de novo presidente do conselho de administração, que será eleito no próximo dia 27 de março. Do ponto de vista de governança corporativa e de diligência, é oportuno e recomendável que os novos administradores tenham a oportunidade de se engajar na nova proposta da administração e de se aprofundar nos assuntos da companhia”, explicou em comunicado.

Também será revista e objeto de nova proposta aos acionistas tanto a remuneração dos administradores, que não contará mais com o bônus chamado “programa de superação”, quanto as indicações para a composição do conselho de Administração e do conselho fiscal. 

A nova convocação da assembleia vai ocorrer “oportunamente”, divulgou o IRB.

Itaú Unibanco Holding (ITUB4): prestou esclarecimentos à Superintendência de Relações com Empresas da Comissão de Valores Mobiliários após à informação veiculada em 24 de março no jornal O Globo pelo jornalista Lauro Jardim.

O jornalista divulgou que, em delação, o empresário Eike Batista contou que manipulava mercado com ajuda de seis bancos.

Entre as instituições financeiras estaria o ItaúBBA, controlado pelo Itaú Unibanco Holding. 

O Banco esclareceu em comunicado nesta quarta, 25, após o pregão, que não teve acesso a qualquer informação que trate de suposta delação premiada do empresário Eike Batista nem foi notificado por qualquer autoridade sobre o tema. 

“O Itaú Unibanco enfatiza que todas as operações que realiza, seja no mercado de capitais ou no mercado de crédito, seguem os mais altos padrões de governança corporativa, são supervisionadas pelas autoridades competentes e reportadas para tais autoridades. Como não fomos informados sobre a suposta delação, não há como divulgarmos um fato relevante ou comunicado ao mercado”, destacou.

Oi  (OIBR4):  teve teve prejuízo líquido de R$ 9 bilhões em 2019, revertendo o lucro líquido de R$ 24,591 bilhões de 2018 – quando se beneficiou do corte da dívida em seu processo de recuperação judicial.

O Ebitda de rotina, ajustado pela norma contábil IFRS 16, totalizou R$ 6,015 bilhões no ano. Já a receita líquida foi de R$ 20,136 bilhões, queda de 8,7%.

A dívida bruta somou R$ 18,227 bilhões, alta de 1,8%.

A Oi informou, também, que não está fazendo projeções para 2020, devido à incerteza econômica causada pela pandemia da covid-19, mas “principalmente” pela iminente assembleia-geral de credores da Oi prevista para este ano, “a qual poderá deliberar sobre temas estratégicos para a companhia com potencial impacto relevante em seus negócios futuros”.

Bradespar  (BRAP4):  teve prejuízo líquido de R$ 388 milhões no quarto trimestre, impactada pelo resultado da Vale, que teve prejuízo de R$ 6,04 bilhões. A receita operacional foi negativa no trimestre em R$ 344,1 milhões. Os ativos totais somaram R$ 15,67 bilhões. No ano, o prejuízo líquido foi de R$ 403,2 milhões.

Locaweb  (LWSA3): A Locaweb, maior empresa de hospedagem de sites do país, divulgou balanço na noite de ontem e informou um lucro líquido de R$ 6,9 milhões no quarto trimestre de 2019. Segundo a empresa, o resultado representou expansão de 29,8% sobre igual período de 2018. No ano consolidado de 2019, a Locaweb teve lucro líquido de R$ 18,1 milhões, um crescimento de 66% sobre 2018.

A empresa, que fez no início de 2020 sua oferta primária de ações na B3, reportou um lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 29,5 milhões, uma alta de 37% sobre igual trimestre de 2018. No ano consolidado de 2019, o Ebitda avançou 46,1% sobre 2018 para R$ 106,9 milhões. A Locaweb informou que a expansão ocorreu pelo aumento da base de clientes. A dívida líquida da empresa também teve uma forte expansão, de 184,5% em 2019, para R$ 146,5 milhões.

Dólar

O dólar opera em alta , sendo cotado a R$ 5,05  às 9h28.

Commodities

Minério de ferro: Os contratos futuros mais líquidos do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian, na China, fecharam alta de +0,68%, cotados a 662 iuanes.

Petróleo WTI: -2,78% (US$ 23,84, barril).

Petróleo Brent: -1,28% (US$ 27,07, barril).

Agenda econômica

■ Indicadores nacionais

  • O Banco Central divulga às 8h o relatório trimestral de inflação.
  • FGV divulga às 8h os dados do Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) referentes a março.
  • FGV divulga às 8h os dados da Sondagem de Construção e da confiança do setor referentes a março.
  • Banco Central (BC) divulga às 9h o índice de atividade econômica (IBC-Br) referentes a janeiro.
  • O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, concede entrevista coletiva sobre a política monetária às 11h.

■ Indicadores Internacionais

  • EUA – A terceira leitura do Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre de 2019 será publicada às 9h30 pelo Departamento do Comércio.
  • EUA – Os pedidos de seguro-desemprego da semana encerrada no último sábado serão publicados às 9h30 pelo Departamento do Trabalho.
  • Alemanha – O índice de confiança do consumidor de junho será publicado às 4h pelo instituto GFK.
  • Eurozona – A evolução da base monetária nos 12 meses até fevereiro será publicada às 6h pelo Banco Central Europeu (BCE).
  • Reino Unido – As vendas no varejo de fevereiro serão publicadas às 6h30 pelo departamento de estatísticas.
  • Reino Unido – A decisão de política monetária será publicada às 9h pelo Banco da Inglaterra.

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
GOLL4  +35,06% R$ 10,94
BRKM5  +31,75% R$ 15,02
RENT3  +26,82% R$ 34,47
CRFB3 -4,35% R$ 20,85
PCAR3 -2,77% R$ 70,00
VIVT4 -1,79% R$ 47,06

Deixe um comentário