Eternit (ETER3) reverte prejuízo e tem lucro de R$ 6,7 milhões no 4º trimestre de 2019

LinkedIn

A Eternit (BOV:ETER3) divulgou nesta quarta-feira (25) os resultados do quarto trimestre com lucro de R$ 6,7 milhões, revertendo prejuízo de R$ 60,3 milhões apurado no 4T18.

Em recuperação judicial, a receita da companhia recuou 18,4%, somando R$ 159,5 milhões, na mesma base de comparação. A queda se deu principalmente devido ao desempenho no mercado externo.

As despesas operacionais da Eternit recuaram quase 85%, para R$ 7 milhões, com queda tanto nas despesas com vendas quanto das despesas operacionais. O resultado financeiro líquido foi positivo em R$ 846 mil, em função do estorno de juros da dívida em dólar com parte de credores.

O EBTIDA também reverteu o prejuízo de 2018, e encerrou o ano com R$ 34,3 milhões.

“Reversão de baixa contábil e de provisões para contingências trabalhistas, fiscais e cíveis explicam a melhora dos números”, explica a empresa.

Outros destaques do balanço do 4T19 foram as vendas de telhas de fibrocimento apresentaram no 4T19 crescimento de 18% frente ao 4T18 e 24% no acumulado de 2019. Puxada pela demanda de fibrocimento, a produção de fibra de polipropileno na Eternit Amazônia acumulou no ano crescimento de 65% frente a 2018.

As vendas de sistemas construtivos (placas cimentícias e painel wall) apresentaram no 4T19 crescimento de 100% frente ao 4T18 e de 50% no acumulado de 2019.

O volume de vendas de louças sanitárias registrou crescimento de 2% no ano de 2019 frente a 2018.

Os ativos totais da Eternit ON (BOV:ETER3) totalizaram R$ 545,59 milhões no 4º trimestre de 2019, soma -4,14% menor que o saldo de R$ 569,14 milhões registrado no encerramento do mesmo período do ano anterior.

A Companhia informa que suas operações são fortemente focadas no mercado interno, sendo seu desempenho dependente do nível de atividade econômica do País. A pandemia do Covid-19 tem proporcionado uma rápida degradação das condições macroeconômicas, induzindo a adoção de ações preventivas por parte da Administração. Apesar da dificuldade em dimensionar os impactos na Companhia, esse cenário de grande incerteza acrescenta um risco adicional ao negócio.

O patrimônio líquido da companhia, por sua vez, apresentou retração de -122,68%, ao comparar todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam no fechamento do 4º trimestre de 2019 (R$ -2,78 milhões) com a mesma data em 2018 (R$ 12,25 milhões).

A dívida líquida ficou em R$ 104,22 milhões no encerramento do 4º trimestre de 2019, queda de -14,17% ante os R$ 121,42 milhões registrados no ano anterior.

Todos estes dados referem-se à consolidação do resultado financeiro da companhia Eternit ON (BOV:ETER3) com o resultado financeiro de todas as suas companhias subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia) relacionadas ao 4º trimestre de 2019.

Acesse o balanço financeiro completo desta companhia, clicando aqui. Não deixe de conferir também seus indicadores fundamentalistas, clicando aqui.

Conheça a Eternit ON

(BOV:ETER3) é o código de negociação na BM&BOVESPA das ações ordinárias da Eternit S/A, empresa especializada na fabricação e comercialização de produtos de fibrocimento.

A Eternit é líder de mercado no segmento de coberturas, com atuação nos segmentos de louças, metais sanitários e soluções construtivas.

A companhia está presente no Brasil desde 1940. O Grupo Eternit conta hoje com cerca de 1.700 colaboradores diretos (em todas as unidades da Eternit e suas controladas), 8 fábricas próprias, 1 mineradora, 5 filiais de vendas, além de cerca de 15 mil revendedores por todo o Brasil – o que a torna presente nos principais pólos consumidores do Brasil. Sua linha de produtos é composta por uma ampla gama de soluções para a construção civil, com modelos de telhas de fibrocimento, telhas de concreto, caixas-d’água de polietileno, painéis Wall, placa cimentícia Eterplac, perfis metálicos, louças, metais e assentos sanitários. Sua controlada SAMA, que está entre as três maiores mineradoras no mercado mundial de produção do crisotila, atua na extração, beneficiamento e comercialização do crisotila no mercado interno e externo. A Tégula, adquirida em fevereiro de 2010, é líder no segmento de coberturas de concreto, conta com um portfolio diversificado com mais de 30 linhas de produtos.

A Eternit é uma companhia de capital aberto com ações na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), negociadas no Novo Mercado, segmento que congrega as empresas que voluntariamente se compromissaram com as mais elevadas práticas de governança corporativa.

Ativos Reais que rendem de 15% a 20%. Até agora, essas chances eram restritas a investidores milionários e institucionais.

Deixe um comentário