Governo atualiza dados sobre o avanço da covid-19 no país

LinkedIn

O governo brasileiro atualiza hoje (31), em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, os dados sobre o avanço da covid-19 no país. Participam o ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto; da Economia, Paulo Guedes; além de representantes da pastas da Saúde, Justiça e Segurança Pública, e Economia.

De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde, divulgados ontem (30), o país contabilizava 159 mortes e 4.579 casos confirmados da doença.

Hoje o Brasil registrou 1.138 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas e a taxa de letalidade atinge 3,5%.

Segue as principais falas dos ministros:

Paulo Guedes: Presidente está preocupado com segunda onda de impactos econômicos e Mandetta tem cuidado da onda da saúde e que recursos para reduzir impactos da crise já passam dos R$ 700 bilhões.

Sérgio Moro: o governo está agindo em união para conter os impactos do coronavírus sob o controle do presidente.

Braga Netto: Aumento de preços de remédios, previsto por lei, está suspenso por 60 dias.

Mandetta: Sistema de inteligência artificial irá monitoras população para mapear “zonas quentes” do coronavírus.

Nesta terça-feira desembarcou no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), o primeiro lote de 500 mil de testes de detecção rápida para a covid-19.

O lote faz parte de uma compra de compra de 5 milhões de kits efetuada pela Vale. O teste, produzido pela empresa chinesa Wondfo, tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele detecta anticorpos e permite que se tenha um resultado em apenas 15 minutos.

Deixe um comentário