Traders lutam para transformar US$ 6.400 em suporte, enquanto Bitcoin é negociado por volta de US$ 6.600

LinkedIn

O preço do Bitcoin (BTC) subiu de US$ 5.688 para uma alta diária de US$ 6.600. O ativo digital desafiou os piores temores dos analistas, mantendo-se acima do suporte de US$ 5.400 e, atualmente, o Bitcoin continua mostrando uma força crescente diante dos mercados de ações.

Curiosamente, os preços do ouro e da prata também subiram 4,42% e 5,94%, com o S&P500 e Dow fechando o dia com perdas moderadas. Isso pode indicar que os participantes do mercado que saíram recentemente de suas posições em ações podem estar buscando abrigo e crescimento em ativos considerados porto seguro.

Assim, os investidores em criptomoeda estarão observando de perto para ver se a ação do preço do Bitcoin se separa da dos mercados tradicionais.

Desempenho diário do mercado de criptomoeda. Fonte: Coin360

No momento da redação deste artigo, os touros estão defendendo a resistência de US$ 6.400 para garantir um fechamento diário acima da resistência. Há dias, os analistas dizem que a resistência de US$ 6.400 precisa dar apoio e, embora a alta de hoje para US$ 6.600 seja encorajadora, os traders estão observando para ver se há volume de compras suficiente para suportar o momento atual.

Gráfico de 4 horas do BTC USDT. Fonte: TradingView

No prazo mais curto, os comerciantes notarão que a divergência da convergência da média móvel (MACD) está em processo de convergência com a linha de sinal e o histograma está prestes a se tornar positivo acima de 0.

O índice de força relativa (RSI) também está subindo para um território de alta e está atualmente acima de 61. Ganhos acima de US$ 6.455 colocam o preço do Bitcoin acima do nível de 50% de Fibonacci, mas espera-se que a retração de 61,8% funcione como um nível de resistência rígida.

Uma rápida olhada no histórico de preços do Bitcon no período diário mostra que o preço encontrou resistência nesse nível.

Gráfico diário BTC USDT. Fonte: TradingView

Observe que a rejeição de 20 de março em US$ 6.900 está ao alcance de 61,8% do nível de retração de Fibonacci, de US$ 7.101. De 27 de novembro de 2019 a 3 de janeiro de 2020, o nível de 61,8% forneceu suporte constante, com exceção de uma interrupção de alto volume, é provável que agora funcione como resistência. O intervalo visível do perfil de volume também mostra um nó de alto volume nesse nível.

Em caso de recuo, US$ 6.200 é o suporte subjacente mais próximo e, abaixo desse nível, US$ 5.800 e US$ 5.500 provaram ser suportes confiáveis. Conforme sugerido ontem, traders avessos ao risco podem esperar por algumas velas de 4 horas acima da linha de tendência ascendente ou por um fechamento diário acima de US$ 6.455.

Gráfico de preços diários do Bitcoin. Fonte: Coin360

As altcoins também se saíram bem, já que o preço da Bitcon encontrou suas pernas hoje. O Ether (ETH) subiu 5,06%, para US$ 131,52, Litecoin (LTC) ganhou 6,23%, negociado a US$ 38,25, e o Tezos (XTZ) subiu 8,05%.

O valor total do mercado de criptomoedas agora é de US$ 181,9 bilhões e a taxa de domínio do Bitcoin é de 64%.

Por Horus Hughes

Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário