Trump falha em acalmar mercados e bolsas recuam ao redor do mundo

LinkedIn

ÁSIA: As bolsas da Ásia caíram acentuadamente na quinta-feira depois que o Dow Jones Industrial Average entrou em “bear market”, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarava o surto de coronavírus uma pandemia global.

No Japão, o Nikkei caiu 4,41%, fechando em 18.559,63 pontos, entrando em “bear market”, ou seja, o índice está mais de 20% abaixo do fechamento em relação à máxima de 52 semanas. O índice Topix caiu 4,13%. O iene japonês, frequentemente visto como um ativo de segurança, foi negociado em 103,72, após uma alta anterior de 103,08.

O Kospi da Coreia do Sul recuou 3,87%.

Na Austrália, o S &P / ASX 200 despencou 7,36%, fechando em 5.304,60 pontos. Entre as mineradoras, BHP caiu 5,9%, Fortescue Metals caiu 6,4% e Rio Tinto recuou 6,2%. A produtora de petróleo Woodside Petroleum despencou 8%.

Na China continental, o composto de Xangai caiu 1,52%, enquanto o composto de Shenzhen caiu 2,19%. O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 3,52%. Algumas restrições foram suspensas no país, que levaram o presidente Xi Jinping a anunciar que a epidemia está “praticamente contida” em seu epicentro, a cidade de Wuhan.

No geral, o índice MSCI Asia ex-Japan caiu 4,52%.

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou medidas para combater o surto de coronavírus, incluindo a proibição de viajantes para os Estados Unidos vindos da Europa pelos próximos 30 dias. Trump também anunciou que iria pedir ao Congresso, benefícios fiscais sobre salários e outras medidas para vários grupos afetados pelo vírus.

Isso ocorre depois que a OMS declarou a COVID-19 uma pandemia global na quarta-feira.

As ações das companhias aéreas na Ásia-Pacífico caíram após o anúncio de Trump. A Qantas Airways da Austrália caiu 9,9%, enquanto a ANA Holdings do Japão caiu 5,63% e a Japan Airlines despencou 7,03%. Na Coreia do Sul, a Korean Air Lines caiu 4,62%. As ações da China Southern Airlines, listadas em Hong Kong, caíram 5,56%, enquanto a Singapore Airlines, de Singapura, caiu 3,65%.

EUROPA: Os mercados europeus abriram em queda na manhã de quinta-feira, quando os investidores reagiram à decisão do presidente Donald Trump de impor restrições às viagens para os EUA de alguns países da Europa.

O pan-europeu Stoxx 600 cai 6,2% na abertura, com as ações do setor de de viagens e lazer despencando após o anúncio de Trump de que os EUA suspenderão viagens provenientes da Europa para os EUA por 30 dias para conter a propagação do coronavírus. A regra entrará em vigor na sexta à noite e afetará 26 países europeus. O Reino Unido e a Irlanda estarão isentos das restrições, assim como os cidadãos americanos que foram submetidos à triagem com vírus. Trump culpou a Europa por não tomar as medidas adequadas para controlar a propagação do vírus; A Itália é o país mais atingido fora da China e um bloqueio nacional continua por lá.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto de coronavírus uma pandemia na quarta-feira. Existem pelo menos 118.381 casos confirmados do vírus em todo o mundo, de acordo com os últimos dados da OMS. Pelo menos 4.292 pessoas morreram em todo o mundo, disse a OMS.

O vírus ameaça perturbar países como a Itália que tomaram medidas agressivas para retardar sua propagação. O primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte anunciou na quarta-feira que todas as lojas do país, exceto farmácias e mantimentos, mantenham fechadas em uma medida considerada necessária para proteger a saúde humana e uma ameaça à produção do país.

Nesta quinta-feira, os investidores aguardam a mais recente decisão de política monetária do Banco Central Europeu, que deverá anunciar medidas de estímulo para mitigar o impacto econômico do coronavírus.

Entre as mineradoras listadas em Londres, Anglo American cai 9,4%, Antofagasta cai 5,5%, BHP recua 6,7%, Rio Tinto cai 4,3%.

EUA: Os contratos futuros vinculados aos principais índices de ações dos EUA caem acentuadamente no início da quinta-feira, depois que um discurso do presidente Donald Trump não conseguiu acalmar as preocupações sobre a possível desaceleração econômica por conta do coronavírus.

Em seu discurso, Trump anunciou que as viagens da Europa serão suspensas por 30 dias, como parte da resposta do governo ao surto de coronavírus. Trump também disse que o governo fornecerá alívio financeiro para os trabalhadores que estão doentes, cuidando de outros devido ao vírus ou que estão em quarentena. Além da proibição de viagens, Trump também anunciou uma iniciativa de empréstimo para pequenas empresas, mas não chegou a um acordo com o Congresso sobre um pacote fiscal mais amplo.

Também causou preocupação o anúncio na quarta-feira de que a National Basketball Association está suspendendo sua temporada depois que um jogador do Utah Jazz testou positivo para coronavírus.

O movimento ocorre depois que o Dow Jones Industrial Average entrou em território de baixa. O índice blue-chip caiu 1.464,94 pontos, ou 5,9%, para fechar em 23.553,22 pontos na quarta-feira. O índice de 30 ações fechou em um mercado em baixa, encerrando uma expansão iniciada em 2009 em meio à crise financeira. A queda foi em grande parte graças às enormes perdas da fabricante de aviões Boeing, que despencaram 18,15% e sofreram seu pior dia em Wall Street desde 1974, segundo dados da FactSet. A ação cai mais de 50% nos últimos seis meses.

O S&P 500 e o Nasdaq Composite se saíram ligeiramente melhor na quarta-feira, com queda de 4,89% e 4,7%, respectivamente. Esses dois índices ainda permanecem fora do território do mercado em baixa. O S&P 500 entrará em “bear market” se fechar abaixo de 2.708,92 pontos, um pouco mais de 32 pontos, enquanto a Nasdaq fará isso se fechar abaixo de 7.853,74 ponto, cerca de 98 pontos a menos que o fechamento de quarta-feira.

Wall Street teme que tais medidas possam levar a economia global à recessão, especialmente se Washington decidir que a doença é galopante o suficiente nos EUA para justificar medidas semelhantes. A Organização Mundial da Saúde declarou COVID-19 uma pandemia na quarta-feira.

ÍNDICES FUTUROS – 7h30:
Dow: -4,98%
SP500: -4,61%
NASDAQ: -4,77%

OBSERVAÇÃO: Este  material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Deixe um comentário