Conselho da Energisa (ENGI11) adia investimentos de R$ 500 milhões; BTG mantém recomendação de compra após aumento tarifário

LinkedIn

O Conselho da Energisa (BOV:ENGI11) aprovou no último dia 20 a postergação de investimentos da ordem de R$ 500 milhões para 2020 visando preservação dos empregos e contratos com o fornecedores.

O BTG Pactual mantém sua recomendação de compra após a Aneel aprovar aumento tarifário anual da Energisa Sergipe (ESE) em 1,2%. Mas a implementação, como ocorre com a Energisa Mato Grosso (EMT) e a Energisa Mato Grosso do Sul (EMS), deverá acontecer apenas no dia 1º de julho.

Em resposta ao coronavírus, a Energisa decidiu cortar em 19% os números estimados para o ano, agora em R$ 2,4 bilhões.

Porém, o BTG destacou que 55% da queda reflete um capex menor para “obrigações especiais”, e disse que os investimentos devem ser retomados no próximo ano.

O preço-alvo do BTG Pactual para empresa é de R$ 59,00 com potencial de upside de 32% considerando o preço do último fechamento. Em 2020 as ações da empresa caíra 16,51%.

Deixe um comentário