Nova Futura volta a divulgar carteira após semanas sem divulgá-la; confira

LinkedIn

Após uma série de semanas sem apresentar carteira recomendada semanal, a Nova Futura voltou a sugerir um portfólio de cinco ativos para o período entre 6 e 9 de abril. Fazem parte da seleção B3, Cemig (CMIG4), Eztec (EZTC3), Itaú Unibanco e SLC.

A Carteira Semanal Técnica tem o objetivo de satisfazer os investidores que desejam se aproveitar das oscilações de curto prazo do mercado aliando o cenário macro com gráficos de análise técnica.

Os 5 ativos indicados dão entrada na compra, segunda-feira na abertura, e não há stop loss nem gain indicados, visto que o intuito da carteira é superar o seu benchmark no período, o Ibovespa. O encerramento das posições deve ser feito no fechamento dasexta-feira da semana vigente.

Os números da Pandemia na Europa parecem dar sinais de melhora e algumas empresas do Brasil anunciando recompra de ações podem trazer algum otimismo para o mercado.

Dessa maneira, os analistas selecionaram para essa semana papéis que apresentam algum sinal de recuperação no curto prazo. Na última semana a opção foi por uma estratégia conservadora e não montou a carteira, o Ibovespa voltou a cair fechando a semana aos 69.537,56 pts.

Na última semana a rentabilidade da carteira foi de 0%, contra -5,30% do Ibovespa. Em 2020, a carteira sobe 7,12%, já o Ibovespa acumula -39,87%de queda. Nos últimos 12 meses, a carteira sobe 17,06%, contra queda de-27,61 do Ibovespa. E, no acumulado desde o início (em maio de 2017), a carteira sobe 115,25% frente a2,10% do Ibov.

Composição: B3, Cemig, Eztec, Itaú Unibanco e SLC.

Por Gabriel Codas

Deixe um comentário