Os mercados europeus fecharam em alta de 2% na terça-feira, com os investidores esperando que a região esteja vendo melhoras no surto de coronavírus.

LinkedIn

Os mercados europeus fecharam em alta na terça-feira, com os investidores esperando que a região esteja vendo melhoras no surto de coronavírus.

Stoxx50 (STOXX:SX5E) fechou em alta de 2%, com destaque para ações de viagens e lazer subindo 6,2% para liderar ganhos, já que todos os principais setores terminaram em território positivo.

Os mercados da Europa também reagiram às notícias da noite para o dia em que o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, havia sido transferido para tratamento intensivo à medida que seus sintomas de coronavírus pioravam. O secretário de Relações Exteriores Dominic Raab está temporariamente assumindo as funções do primeiro-ministro enquanto Johnson está hospitalizado.

O índice FTSE 100 (FTSE:UKX) da bolsa de Londres (LSE), apesar da preocupação com seu primeiro ministro, fechou em alta de 2,2% com 5.704,45 pontos.

Na terça-feira, um porta-voz do primeiro-ministro disse que ainda estava em tratamento intensivo e recebendo “tratamento padrão de oxigênio”, mas não precisava de um ventilador ou suporte respiratório “não invasivo”.

A libra esterlina (FX:USDGBP) ganhou força frente ao dólar e fechou o dia valendo 0,8111.

Apesar da doença de alto perfil de Johnson, há esperanças na Europa de que o aumento do número de novas infecções e mortes a cada dia esteja começando a diminuir.

Enquanto isso, os ministros das Finanças da zona do euro se reunirão na terça-feira para discutir apoio adicional ao bloco de 19 membros.

Na Ásia, a Comissão Nacional de Saúde da China (NHC) registrou 32 novos casos e nenhuma morte até 6 de abril – a primeira vez que o país não registrou mortes desde janeiro, quando começou a publicar atualizações diárias. Isso eleva o total do país para 81.740 casos confirmados e 3.331 mortes, de acordo com o NHC.

As ações de Wall Street também subiram na terça-feira, com a expectativa de que novos casos de coronavírus começassem a desacelerar.

Maiores Altas

Em termos de ação individual do preço das ações, a cadeia de cinema Cineworld (LSE:CINE) subiu quase 50% depois de comunicar seu plano de coronavírus na manhã de terça-feira, que incluirá o corte de dividendos e um adiamento de salário para os diretores executivos.

A incorporadora britânica Hammerson (LSE:HMSO) e a operadora de turismo Carnival (LSE:CCL) aumentaram 33% e 21%, respectivamente.

No outro extremo do Stoxx 50, a empresa francesa de biotecnologia Biomerieux (EU:BIM) e o fornecedor de software de trabalho remoto TeamViewer (XE:TMV) caíram cerca de 4%, enquanto a empresa alemã de entrega de kits de refeições Hellofresh (XE:HFG) sofreu perdas, com um declínio de 9%.

Resumo do mercado europeu

Europa200704-v1

Veja mais:

Bolsa de Frankfurt: Índice DAX 30 fecha em forte alta de +2,79% nesta terça-feira, 07 de abril de 2020

Bolsa de Milão: Índice FTSE MIB fecha em alta de +2,15% nesta terça-feira, 07 de abril de 2020

Bolsa de Paris: Índice CAC 40 fecha em alta de +2,12% nesta terça-feira, 07 de abril de 2020

 

Veja todas as cotações da Europa e do mundo agora mesmo.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na Bolsa de Valores de Londres através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Dica ADVFN: Invista em mercados com liquidez e com mais alternativas para proteçãoAbra conta na sua primeira corretora de valores nos Estados Unidos

Deixe um comentário