Pedidos de bens duráveis nos EUA têm variação mensal de -14,40% em março

LinkedIn

Pedidos de bens duráveis nos EUA têm variação mensal de -14,40% em março, queda maior que a esperada de -11,9. Núcleo dos pedidos de bens duráveis nos EUA têm variação mensal de -0,20% em março, queda muito menor que a esperada de -6,00%.

Novos pedidos para os principais bens de capital fabricados nos EUA subiram inesperadamente em março, mas os ganhos provavelmente não serão sustentáveis em meio ao novo surto de coronavírus, que interrompeu abruptamente a economia e contribuiu para o colapso dos preços do petróleo.

Os pedidos de bens de capital que não sejam de defesa, excluindo aeronaves, uma proxy observada de perto para planos de gastos de negócios, subiram 0,1% no mês passado, informou o Departamento de Comércio. Os dados de fevereiro mostravam que os chamados pedidos básicos de bens de capital caíam 0,8% em vez de cair 0,9%, conforme relatado anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que os principais pedidos de bens de capital caíssem 6,0% em março.

Os pedidos de bens duráveis nos EUA caíram 14,4% no mês, em comparação com as expectativas de uma queda de 11,9%. Os pedidos de bens duráveis aumentaram 1,2% no mês anterior.

Deixe um comentário