Aliansce Sonae (ALSO3) 1T20: Lucro líquido de R$ 103,9 milhões

LinkedIn

A Aliansce Sonae registrou um lucro líquido de R$ 103,9 milhões no 1T20. Esse valor corresponde à alta de 82,5% em relação ao 1T19. O Ebitda ajustado somou R$ 153 milhões, alta de 3,6%.

Uma das maiores proprietárias e administradoras de shopping centers do país, a empresa negociada na B# através do código (BOV:ALSO3). O papel já desvalorizou 54,77% em 2020.

A receita da operadora de shoppings passou de R$ 127,3 milhões para R$ 229,3 milhões, alta de 80,1%, com a receita bruta de aluguel avançando 75,4%, para R$ 243,6 milhões.

No período, a Aliansce Sonae registrou na linha “outras receitas operacionais” de R$ 42,6 milhões, aumento de 9,2 vezes em base anual, o que ajudou a fazer com que fechasse o trimestre com receita operacional de R$ 6,3 milhões, revertendo a despesa de R$ 18,6 milhões do primeiro trimestre do ano passado.

Em comunicado, a Aliansce explicou que a redução da receita de locação, devido ao desconto de 50% sobre o aluguel de março e a queda do resultado de estacionamento, em função do fechamento temporário dos shoppings influenciaram os números.

O resultado financeiro da companhia nos primeiros três meses do ano ficou negativo em R$ 21 milhões, mas representa uma melhora em relação à despesa financeira líquida de R$ 29,6 milhões do mesmo intervalo de 2019.

Ativos Reais que rendem de 15% a 20%. Até agora, essas chances eram restritas a investidores milionários e institucionais.

Deixe um comentário