CCR (CCRO3): Tráfego cai 20% entre 1º a 7 de maio

LinkedIn

A CCR informa que o tráfego nas suas rodovias caiu 20% entre 1º a 7 de maio.
No período, o número de carros de passeio caiu 42,3% enquanto os veículos comerciais reverteram a tendência de queda e o volume aumentou 0,3%.

O comunicado foi feito pela concessionária (BOV:CCRO3) na manhã desta segunda-feira. Em 2020, as ações da empresa já desvalorizaram 39,15%.

A AutoBan, concessionária do Grupo CCR que administra as rodovias Anhangüera e Bandeirantes, que ligam a capital paulista ao interior do Estado, informou que houve uma queda de 25,7% no tráfego de veículos pagantes nas duas autoestradas entre os dias 1º e 7 de maio, em comparação a igual período do ano passado. Entre os automóveis, a queda do tráfego foi de 50,71%; entre os veículos comerciais, houve recuo de 1,5%.

No acumulado do ano de 2020, houve queda de 21,4% no tráfego pagante de veículos de passeio e leve crescimento de 0,1% no de veículos comerciais. No total, houve queda de 10,4% no tráfego total do sistema Anhangüera-Bandeirantes de 1º de janeiro a 7 de maio de 2020.

Mobilidade e aeroportos

A CCR Aeroportos, que administra Confins (MG), os aeroportos de Curaçao e San Juan, na Costa Rica, além da TAS, prestadora de serviços de gerenciamento e administração relacionados a atividades em aeroportos nos Estados Unidos, notou uma queda de 96,8% no número de viajantes no mesmo intervalo de tempo.

Por fim, a CCR Mobilidade, braço da companhia que opera o Metrô Bahia e outras concessões, viu o movimento de passageiros diminuir 74% no período de 1 a 7 de maio.

A CCR divulga os resultados do primeiro trimestre no dia 14/05/2020.

+ Confira o calendário de divulgação de resultados do 1T20 das empresas listadas na Bolsa de Valores.

Deixe um comentário