Repsol tem prejuízo de 487 milhões de euros no 1º trimestre

LinkedIn

A petrolífera espanhola Repsol reportou um prejuízo líquido 487 milhões de euros (US$ 532 milhões) no primeiro trimestre de 2020, ante um lucro de 608 milhões de euros no mesmo período de 2019.

A companhia disse que o resultado se deve à queda nos preços do petróleo e ao impacto econômico causado pela covid-19.

Em base ajustada, o lucro da companhia registrou uma queda de 28% no trimestre, para 447 milhões de euros. Segundo a “Dow Jones Newswires”, analistas previam que o lucro líquido ajustado fosse de 330 milhões de euros.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) do primeiro trimestre caiu 80% e somou 349 milhões de euros.

A empresa disse que a produção de petróleo no primeiro trimestre atingiu uma média de 710 mil barris equivalentes de petróleo por dia.

Redução de custos e dividendos

Em resposta ao coronavírus, a Repsol adotou um plano de corte de custos com o objetivo de reduzir as despesas operacionais em mais de 350 milhões de euros e os investimentos em mais de 1 bilhão de euros, informou a empresa.

A petrolífera garantiu que vai manter a remuneração dos acionistas de 1 euro por ação em 2020 e pagar 0,55 euros por ação em julho, uma medida que ainda terá de ser aprovada em assembleia-geral, marcada para esta sexta-feira.

Fonte Valor e Dow Jones

Deixe um comentário