Bitcoin: Novo modelo quântico prevê fundo em 2021 e ‘bull run' em 2022

LinkedIn

O analista do Twitter CryptoWhale lançou um novo modelo de previsão de preço para o Bitcoin (BTC) em 2 de junho, que afirma usar a análise quântica para prever preços futuros. O modelo Fermions Flows, ou FF, prevê um fundo em 2021, seguido de uma ‘bull run’ a partir de 2022.

A física quântica está relacionada ao Bitcoin?

Fermions são partículas subatômicas que seguem as estatísticas de Fermi-Dirac e geralmente têm um spin meio ímpar-inteiro.

As estatísticas de Fermi-Dirac descrevem uma distribuição de partículas sobre estados de energia em sistemas que consistem em muitas partículas idênticas, onde nenhuma das partículas pode ocupar o mesmo estado quântico simultaneamente.

Certamente é possível que isso possa ser considerado análogo a um sistema como o preço do Bitcoin.

Perspectivas de curto a médio prazo

CryptoWhale passou os últimos seis anos desenvolvendo o modelo, que ele afirma “prever efetivamente todos os principais movimentos desde 2018″.

Uma imagem incluída no tweet mostra um gráfico do preço do BTC sobreposto com uma distribuição de pontos de dados e áreas de altos e baixos, cobrindo um período de 2012 a 2022.

Há duas áreas na imagem marcadas como fases Fermi-Dirac, uma que vai de meados de 2014 até o início de 2016 e a outra prestes a começar.

A má notícia para os otimistas é que ele prevê uma queda de preço abaixo de US$ 4.000 até o final deste ano, com uma queda potencial abaixo de US$ 2.000. O modelo prevê uma recuperação para cerca de US$ 6.000 em meados de 2021, seguida por outra queda abaixo de US$ 4.000 até o final do ano.

Só então o próximo arranque começará, de acordo com o modelo, quebrando US$ 24.000 em meados de 2022.

CryptoWhale prometeu um documento de 27 páginas explicando o modelo ainda este mês. Mas se a análise quântica puder prever com precisão os preços do Bitcoin, as previsões recentes de Adam Back e o proponente do modelo Stock-Flow, PlanB, podem se mostrar realmente muito erradas.

Por Jack Martin

Deixe um comentário