Bom dia ADVFN - Casos de coronavírus avançam e mercado tenta recuperação

LinkedIn
Esse é o Bom dia, Investidor! 25 de junho de 2020, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

O ressurgimento de casos de coronavírus nos Estados Unidos, com cerca de 30 estados mostrando aumento de infecções, e uma primeira onda estendida de contágio de Covid-19 em alguns países emergentes acenderam o sinal de alerta no mercado financeiro. O temor dos investidores é que esses lugares em que houve retomada da atividade voltem a fechar, dando um segundo golpe na economia, que já deve cair mais que o esperado neste ano.

Na Europa, porém, a pressão vendedora não é tão forte, mas as principais praças abriram no vermelho. Apesar da preocupação com a aceleração dos casos do novo coronavírus em alguns países, as Bolsas europeias viraram e agora operam levemente em alta. Já na Ásia, as comemorações do Festival do Barco do Dragão (端午节) na China manteve as bolsas de Hong Kong e de Xangai fechadas, esvaziando o pregão na região. Ainda assim, Tóquio caiu pouco mais de 1% e Seul teve queda de mais de 2%, enquanto na Oceania, a Bolsa de Sydney recuou 2,6%.

As previsões mais sombrias do Fundo Monetário Internacional (FMI) para a economia global divulgadas ontem, apontando uma queda maior que o estimado neste ano e uma recuperação mais tímida no ano que vem, colocaram em xeque o cenário traçado pelo mercado financeiro, de retomada rápida e acentuada, sob a forma de “V”. Segundo o FMI, o tombo do Produto Interno Bruto (PIB) mundial em 2020 passou de -3,0% para -4,9%.

Ironicamente, a China, onde foi identificado o primeiro surto de coronavírus, é a única grande economia que ainda deve registrar crescimento em 2020, de 1%, o que mostra a força do modelo econômico do país. Para os EUA, o FMI piorou a previsão de queda do PIB neste ano para -8%, de -5,9% estimados em abril. No Brasil, o tombo da economia também deve ser maior, de -9,1%, ante recessão de -5,3% prevista anteriormente.

Ontem o petróleo teve um dia de forte queda, caindo mais de 5%.
O WTI (NYMEX:CL\Q20) está sendo negociado a US$ 39,81, com queda de -1,4%. Os futuros internacionais de petróleo Brent (NYMEX:BZ\Q20) operam também em queda de -1,0%, negociados a US$ 42,21.
Não houve negociação dos contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian devido ao feriado chinês.
Bitcoin é negociado em queda de -1,27%, a US$ 9.505 e o ouro tem alta de +0,4%, negociado a US$ 1.783.

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Coronavírus

Apesar da alta nas Bolsas, paira no ar a preocupação de que, com novos casos de Covid-19, a recuperação da economia global será menos rápida que o esperado.

As novas notificações de Covid também preocupam nos Estados Unidos. Em Houston (Texas), as autoridades informaram que as unidades de tratamento intensivo estão próximo de sua capacidade. Os casos também mostraram aceleração na Califórnia e Flórida.

A taxa de infecção por coronavírus da Alemanha caiu para o menor nível em quase três semanas, enquanto o número de novos casos permaneceu bem abaixo do nível no auge do surto.

O mundo registra 9.440.535 de casos de coronavírus e 482.923 mortes, confirmadas hoje pela Universidade Johns Hopkins.

De acordo com o Ministério da Saúde, nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 1.185 novos óbitos por covid-19 e elevou o total de mortes para 53.830. A atualização diária traz um aumento de 2,2% no número de óbitos em relação aos números divulgados na terça-feira (23), quando o total estava em 52.645.

Na detecção de novos casos da doença, foram 42.725 novos diagnósticos confirmados totalizando 1.188.631. O acréscimo de pessoas infectadas marcou uma variação de 3,7% sobre o número de ontem, quando constava o total de 1.145.906 de pessoas infectadas.

Do total, 484.893 estão em observação, 649.908 foram recuperados e 3.904 mortes estão em investigação.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou ontem (24) que bares e restaurantes poderão reabrir na cidade a partir da semana que vem, com restrições, caso a capital mude de fase no plano de retomada de atividades feito pelo governo estadual.

Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (13.352), Rio de Janeiro (9.295), Ceará (5.815), Pará (4.726) e Pernambuco (4.425).

O diretor regional da OMS para continente europeu disse que 11 países europeus enfrentam ressurgimento dos casos de covid e há aceleração em 30 países.

Para fecharmos com uma notícia positiva: 660.469 pessoas foram curadas da Covid-19 no Brasil, ultrapassando os EUA (656.161) e assumindo a liderança no que tange os pacientes recuperados. No mundo todo, 4.754.755 pessoas conseguiram vencer o coronavírus.

Brasil

O Senado Federal aprovou sem restrições o novo marco do saneamento básico, que deve favorecer os quase 35 milhões de brasileiros que não tem água tratada, bem como os 47% que não tem acesso a um sistema com tratamento de esgoto. O novo marco, visa corrigir distorções terríveis, como por exemplo o caso emblemático registrado no interior do estado do Pará, onde uma empresa que há 40 anos possui a concessão para realizar a infraestrutura de saneamento, cobriu apenas 10% de sua área prevista.

Na política, a justiça do Rio de Janeiro deve julgar hoje o pedido de habeas corpus feito pela defesa do Senador Flávio Bolsonaro, que se aceita, derruba todas as decisões da investigação sobre o suposto esquema das rachadinhas.

Do Supremo Tribunal Federal, pode surgir hoje, a decisão sobre o pedido da Polícia Federal para a oitiva do presidente Jair Bolsonaro. O pedido será avaliado pelo decano Celso de Mello, que deve autorizar o depoimento por escrito, embora como parte investigada, o presidente não possua esse direito.

Agora pela manhã, a Polícia Federal deflagrou a Operação Fiat Lux – um braço da Lava Jato – e cumpre 17 mandados de busca e apreensão e 12 de prisão temporária nos estados do Rio de Janeiro (capital, Niterói e Petrópolis), São Paulo e no Distrito Federal. Um dos alvos é o ex-ministro de Minas e Energia Silas Rondeau, que atuou no governo do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Um deputado federal também estaria entre os alvos de mandado de prisão.

Ibovespa e dólar de ontem

O Ibovespa fechou em queda de 1,66%, aos 94.377 pontos, com mais um giro financeiro fraco de R$ 25,7 bilhões.

Maiores altas do Ibovespa
MRFG3 +3,28% R$ 12,91
BTOW3 +2,88% R$ 106,27
KLBN11 +2,55% R$ 20,48
SBSP3 +2,33% R$ 60,07
BEEF3 +1,62% R$ 13,15

Maiores baixas do Ibovespa
CIEL3 -12,96% R$ 4,70
GOLL4 -8,34% R$ 18,24
AZUL4 -6,13% R$ 21,12
YDUQ3 -5,18% R$ 35,13
EMBR3 -5,05% R$ 8,09

O destaque negativo foi a Cielo, após a companhia ter que suspender as transferências e pagamentos via Whatsapp por determinação do Banco Central e do Cade. Outro assunto que rendeu bastante foi a nova propaganda do Personalité, que ataca diretamente plataformas de investimentos digitais e comissões de seus exércitos de agentes autônomos, como as que têm XP, BTG e Modalmais, que vendeu nesta semana 35% do capital ao Credit Suisse.

No câmbio, o dólar à vista encerrou em forte alta de +3,33%, a R$ 5,3231. O dólar futuro teve a maior alta desde 18 de maio de 2017, encerrando o dia a R$5,349, alta de 3,79%.

Prevendo uma piora com agenda cheia e para acalmar o câmbio, o Banco Central anunciou que amanhã e sexta vai realizar leilões de venda em linha de até US$1,5 bilhão cada, além da tradicional rolagem de swap cambial até 12 mil contratos.

O câmbio arrastou DIs, que subiram mais nos trechos médios, em até 15 pontos.  Os vencimentos mais curtos encerraram o dia com viés de alta, antes do IPCA-15 e do Relatório de Inflação amanhã, que terá entrevista de Campos Neto e de Fábio Kanczuk, quando o mercado espera sinais mais claros sobre as chances do corte residual de 25 pontos-base da Selic em agosto, para 2%.

Agenda Econômica

O Banco Central brasileiro volta à cena para divulgar o Relatório Trimestral de Inflação. Na sequência, o presidente da autoridade monetária concede entrevista coletiva à imprensa. Também por aqui, merece atenção a prévia deste mês do índice de preços ao consumidor (IPCA-15), além de dados sobre a construção civil.

O Conselho Monetário Nacional se reúne e pode discutir a meta de inflação para 2023.

No exterior, as atenções se dividem entre a ata da reunião deste mês do Banco Central Europeu (BCE), a terceira e última leitura do PIB dos EUA no início deste ano e os pedidos semanais de auxílio-desemprego feitos no país.

O Federal Reserve traz também dados que podem mexer ainda mais com os mercados americanos. Os diretores Robert Kaplan (10h30), Raphael Bostic (12h) e Loretta Mester (13h) devem discursar sobre eventuais medidas de contenção à crise em meio ao temor dos impactos de uma segunda onda de Covid-19 no país. No fim da tarde (17h30), o Fed divulga os resultados do teste de estresse para grandes bancos do país com informações extras sobre os prováveis riscos da pandemia para o sistema financeiro do país.

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓 25/06

🇧🇷 Senado Federal – Votação do projeto de lei contra fake news (00h00)
🇩🇪 Índice GfK de confiança do consumidor mensal (03h00)
🇧🇷 Índice IPC Fipe (05h00)
🇧🇷 INCC-M mensal (08h00)
🇧🇷 Banco Central – Divulgação do Relatório Trimestral de Inflação do 2T (08h00)
🇧🇷 IPCA-15 mensal (08h00)
🇧🇷 IPCA-15 anual (08h00)
🇺🇸 Pedidos de seguro-desemprego semanal (09h30)
🇺🇸 Variação nos pedidos de bens duráveis mensal (09h30)
🇺🇸 Núcleo de pedidos de bens duráveis mensal (09h30)
🇺🇸 Variação do PIB trimestral (09h30)
🇺🇸 Núcleo índice de preço do PCE trimestral (09h30)
🇺🇸 Balança comercial mensal (09h30)
🇺🇸 Estoques no atacado mensal (09h30)
🇪🇺 Banco Central Europeu – Discurso da diretora Isabel Schnabel (09h30)
🇺🇸 Federal Reserve – Discurso do diretor Robert Kaplan (10h30)
🇪🇺 Banco Central Europeu – Discurso do diretor Yves Mersch (10h30)
🇧🇷 Banco Central – Apresentação do Relatório Trimestral de Inflação do 2T (11h00)
🇺🇸 Federal Reserve – Discurso do diretor Raphael Bostic (12h00)
🇺🇸 Federal Reserve – Discurso da diretora Loretta Mester (13h00)
🇲🇽 Banco Central do México – Decisão de taxa de juros (16h00)
🇺🇸 Federal Reserve – Resultado dos stress tests para grandes bancos dos EUA (17h30)
🇧🇷 BTG Pactual – Videoconferência com Gustavo Montezano, presidente do BNDES (18h00)
🇯🇵 Índice de preços ao consumidor Tóquio anual (20h30)

 

Deixe um comentário