Funcionário da BRF (BRFS3) morre de Covid-19 em Rio Verde

LinkedIn

Um funcionário da BRF (BOV:BRFS3) morreu por Covid-19 em Rio Verde, região sudoeste de Goiás. Ele tinha 36 anos e trabalhava na planta da empresa situada na cidade. Seu nome não foi revelado.

A empresa é uma das sete que estão realizando testagem em massa em seus funcionários na cidade. A unidade tem 8,5 mil colaboradores.

A morte ocorreu no sábado (13). Em nota, a BRF confirmou a morte por conta do coronavírus. Afirmou que ele integrava o grupo de risco e que já estava afastado das atividades desde abril.

O comunicado destacou ainda que está prestando todo apoio à família do colaborador, além tomar todas as medidas sanitárias necessárias para o combate à pandemia em seu ambiente.

A empresa, inclusive, optou por suspender as atividades da indústria na cidade temporariamente de maneira preventiva.

Testes em massa

Na semana passada, um grupo de grandes empresas da cidade começou a fazer testagens em massa nos seus funcionários, num total de 15 mil pessoas.

Quando os primeiros resultados saíram, houve um aumento de quase 70% nos registros positivos num intervalo de apenas 24 horas, saindo de 385 para 641 casos.

Antes mesmo dos testes, a Prefeitura de Rio Verde já havia decretado um novo fechamento do comércio. Além disso, também é obrigatório o uso de máscara ao sair de casa.

Deixe um comentário