Bom dia ADVFN - Europa em queda com aumento de casos do coronavírus e EUA em alta de olho nos grandes bancos

LinkedIn
Esse é o Bom dia, Investidor! 14 de julho de 2020, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Os mercados europeus operam em queda nesta terça-feira após o alerta da OMS que “muitos países estão indo na direção errada”, explicando que o avanço dos casos pode colocar a perder os ganhos em termos de controle da pandemia conquistados com o fechamento das economias.

Ontem, o governo da Califórnia anunciou que voltaria atrás em algumas medidas de relaxamento do isolamento social e acabou derrubando a bolsa dos EUA e refletiu rapidamente no Ibovespa.

Na Ásia, os dados comerciais da China em junho, divulgados na terça-feira, ficaram acima das expectativas. As exportações aumentaram 0,5% em relação ao ano anterior, enquanto as importações aumentaram 2,7% em relação ao ano anterior, segundo dados da alfândega.

Mas a tensão entre Estados Unidos e China também pesa. Além da guerra comercial e dos atritos causados pela nova lei de segurança de Hong Kong, os americanos passaram a criticar as reivindicações de Pequim em relação ao Mar do Sul da China.

O Nikkei 225, de Tóquio, caiu 0,87%. O Shangai SE apresentou desvalorização de 0,83% e o Hang Seng Index, de Hong Kong, recuou 1,14%.

Os futuros americanos operam em alta aguardando os resultados trimestrais dos maiores bancos do país.

O WTI (NYMEX:CL\Q20) está sendo negociado a US$ 39,77, com queda de -0,8%. Os futuros internacionais de petróleo Brent (NYMEX:BZ\U20) operam em alta de +0,5%, negociados a US$ 42,46.

Bitcoin é negociado em queda de -0,44% a US$ 9.195. O ouro é negociado a US$ 1.804 por onça-troy.
Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam em alta de 2,44%, cotados a 838.500 iuanes, equivalente hoje a US$ 119,49.

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Coronavírus

Na segunda-feira, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou que “muitos países estão indo na direção errada”, explicando que o avanço dos casos pode colocar a perder os ganhos em termos de controle da pandemia conquistados com o fechamento das economias.

O sentimento de aversão ao risco ganhou força no final dos negócios de segunda-feira no mercado americano, quando o governo da Califórnia anunciou que voltaria atrás em algumas medidas de relaxamento do isolamento social.

O mundo registra 12.932.640 de casos de coronavírus e 569.666 mortes, confirmadas hoje pela Universidade Johns Hopkins.

Com 733 novas mortes por covid-19 registradas nas últimas 24 horas, o Brasil chegou ao total de 72.833 óbitos em função do novo coronavírus. O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 1.884.967. O sistema do Ministério da Saúde contabilizou 20.286 novos casos desde o balanço de Domingo.

De acordo com o boletim do ministério, 657.297 pessoas estão em acompanhamento e 1.154.837 se recuperaram da doença. Há ainda 4.011 mortes em investigação.

Em São Paulo, o governo disse que as mortes pelo vírus caíram pela terceira semana seguida. No Brasil, segundo o Conass, os casos passam de 1,8 milhão, com 72.833 mortes.

A reabertura hoje (13) dos parques na cidade de São Paulo, após cerca de quatro meses fechados em decorrência da pandemia de covid-19 – desde 21 de março – foi marcada por grande movimentação.

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) zerou o Imposto de Importação de 34 medicamentos usados no combate à covid-19. A resolução foi publicada ontem (13) no Diário Oficial da União.

Brasil

O presidente Jair Bolsonaro repetirá nesta semana o exame da Covid-19 para saber se continua ou não infectado pelo novo coronavírus.

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou ontem que um novo imposto nos moldes da antiga CPMF “precisa ser discutido” em meio aos debates de simplificação tributária no Brasil.

Hamilton Mourão classificou como um avanço a aproximação recente do governo com o partidos de centro no Congresso Nacional, que podem garantir a construção de uma base legislativa para aprovação de projetos de interesse do Executivo.

Nesta terça, às 19h a Câmara dos Deputados debate em sessão remota o PLP 9/2020, sobre a transação tributária. Mais cedo, às 16h, o vice-presidente Hamilton Mourão participa de audiência pública do Senado Federal, para discutir as ações do governo para enfrentar o desmatamento na Amazônia. Ontem, Mourão disse que não nega que houve desmatamento além do que era esperado.

O Ministério da Defesa informou em nota que irá encaminhar representação à PGR contra o ministro do STF, Gilmar Mendes, após a fala que o Exército se associou a um “genocídio” durante a pandemia da Covid-19…

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, entrou em campo para tentar distensionar a relação do Judiciário com as Forças Armadas. Segundo relatos feitos à CNN, Toffoli procurou os ministros da Defesa, Fernando Azevedo, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, para deixar claro que a declaração de Gilmar não tinha caráter institucional.

Agenda Econômica

A agenda econômica doméstica traz o IBC-Br referente ao mês de maio (09h00), enquanto nos EUA, sai o índice de preços ao consumidor (CPI) em junho (09h30). Na zona do euro, merecem atenção o desempenho da indústria em maio e o índice ZEW de sentimento econômico neste mês. Na safra de balanços, saem os resultados dos bancos Citigroup, Wells Fargo e JPMorgan.

O PIB do Reino Unido (produto interno bruto) cresceu 1,8% em maio, após a histórica contração de 20,4% de abril. Economistas consultados pela Reuters esperavam uma recuperação mensal de 5,5%.

🗓 AGENDA ECONOMICA 🗓 14/07

🇨🇳 Balança comercial mensal (00H01)
🇯🇵 Produção industrial mensal (01h30)
🇩🇪 Índice de preços ao consumidor mensal/anual (03h00)
🇬🇧 Balança comercial mensal (03h00)
🇬🇧Produção industrial mensal/anual (03h00)
🇬🇧 Variação do PIB anual/mensal (03h00)
🇪🇺 Produção industrial mensal/anual (06h00)
🇪🇺 Índice ZEW de percepção econômica mensal (06h00)
🇩🇪 Índice ZEW de percepção econômica mensal (06h00)
🇺🇸 JPMorgan – Lucro líquido (07h00)
🇺🇸 Citigroup – Lucro líquido (07h00)
🇺🇸 Wells Fargo & Co – Lucro líquido (07h00
🇺🇸 Delta Airlines – Lucro líquido (07h00)
🇧🇷Índice de atividade IBC-Br BC mensal/anual (09h00)
🇧🇷Núcleo do índice de preços ao consumidor anual/mensal (09h30)
🇺🇸 Índice de preços ao consumidor mensal/anual (09h30)
🇺🇸 Núcleo do índice de preços ao consumidor anual/mensal (09h30)
🇧🇷 Riva – Definição do preço do IPO (10h17)
🇧🇷 Câmara dos Deputados – Possível votação do projeto que suspende pagamentos de financiamentos ao Minha Casa, Minha Vida (14h00)
🇧🇷 Câmara dos Deputados – Possível votação do projeto que regulamenta pagamento de precatórios federais com desconto ou parcelado (14h00)
🇺🇸 Federal Reserve – Discurso da diretora Lael Brainard (15h00)
🇺🇸 Federal Reserve – Discurso do diretor James Bullard (15h30)
🇧🇷 Senado Federal – Possível votação da MP sobre teletrabalho, antecipação de férias e feriados (16h00)
🇲🇽 América Móvil – Lucro líquido (17h00)
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo API semanal (17h30)
🇨🇳 Variação no fluxo de investimento estrangeiro anual (22h00)

Ibovespa e dólar de ontem

O Ibovespa fechou em queda de -1,33%, aos 98.697,06 pontos, com volume de R$ 28,03 bilhões.

Maiores altas do Ibovespa
IRBR3 +5,65% / R$ 9,72
CSNA3 +3,92% / R$ 11,67
EGIE3 +2,47% / R$ 44,00
CVCB3 +2,36% / R$ 22,52
BRAP4 +1,57% / R$ 38,15

Maiores baixas do Ibovespa
ABEV3 -5,72% / R$ 14,00
CYRE3 -5,32% / R$ 26,54
NTCO3 -5,07% / R$ 39,90
YDUQ3 -4,42% / R$ 33,98
UGPA3 -4,38% / R$ 17,70

A Ambipar (AMBP3) disparou 18,38% em estreia na bolsa após o papel sair a R$24,75 em seu IPO.

Após três sessões consecutivas de queda, o dólar fechou em alta de 1,25%, cotado a R$ 5,3885.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, A bula do mercado, Agência Brasil e BDM.

Deixe um comentário