Ômega (OMGE3) aprova oferta primária de cerca de R$ 500 milhões

LinkedIn

Retomando o processo de investimentos e consolidação de ativos conduzido nos últimos anos (9 transações concluídas), a Omega Geração (BOV:OMGE3) anuncia acordo para aquisição da totalidade da participação da Eletrobras no Complexo Chuí, localizado no Rio Grande do Sul, um dos maiores complexos eólicos do Brasil que soma capacidade total de 582,8 MW e está operacional desde 2015.

Pelo acordo firmado, a Omega vai adquirir da Eletrobras participação de 78% na holding Santa Vitória do Palmar e de 99,99% nas empresas detentoras dos parques Hermenegildo I, II e III e Chuí IX, localizados nos municípios de Chuí e Santa Vitória do Palmar (RS).

O valor total (Enterprise Value) da transação é de R$ 1.524,41 milhões, sendo R$ 1,011 bilhão referente a Santa Vitória do Palmar – com assunção de dívida líquida no valor de R$ 577,2 milhões e pagamento em caixa no valor de R$ 434,5 milhões –  e R$ 513 milhões referentes aos demais projetos – a partir de assunção de dívida líquida no valor de R$ 378,7 milhões e pagamento em caixa pela Omega Geração de R$ 134,0 milhões.

Concomitantemente, a Companhia também firmou acordo com a Brave Winds – detentora dos 22% de participação restantes em Santa Vitória do Palmar – prevendo que, sujeito a condições a serem cumpridas até junho de 2022, a Omega poderá elevar sua participação em Santa Vitória do Palmar para 100% via incorporação da participação hoje detida pela Brave Winds, levando-a a receber 3.236.607 ações de emissão da Companhia após a transação.

“Esse investimento é um extraordinário passo rumo à consolidação da Omega como plataforma de referência 100% renovável no país. Chuí é mais do que a maior aquisição individual já feita pela Omega. O complexo combina larga escala – lucro bruto substancial, bom fundamento técnico, e diversifica ainda mais nosso portfólio com um regime de vento diferente do que temos no Nordeste. O desempenho do Complexo será maximizado por novo plano de negócios e operação confeccionado por nosso time após análises e diligência muito minuciosas. As máquinas Siemens e GE nos ajudarão a replicar abordagens de operação e manutenção uma vez que já operamos tais equipamentos em alta escala no nordeste do Brasil e temos ótimo relacionamento e modelo de trabalho eficaz com as duas empresas. Nosso objetivo é ter alta previsibilidade de geração e esses ativos reduzem ainda mais nossa incerteza de geração anual pelo perfil do vento e pela oportunidade de atingirmos altos índices de disponibilidade. Estamos bastante animados com esse investimento e confiantes nos resultados que ele trará já a partir de 2021 “, afirma Antonio Bastos, CEO da Omega Geração.

A fim de suportar a continuidade da agenda de crescimento e criação de valor, nosso conselho autorizou a emissão primária de ações de aproximadamente R$ 500 milhões que, somados ao caixa de R$ 885,5 milhões (em 30 de março de 2020), reforçará nossa estrutura de capital e garantirá os recursos para consecução dessas e novas aquisições que temos perseguido.
Os novos empreendimentos se encontram no ambiente livre de contratação e somam 302 aerogeradores, sendo 201 da Siemens Gamesa e 101 da GE. Além das aprovações finais nas instâncias deliberativas da vendedora e da Omega, a conclusão das Aquisições está sujeita a condições habituais de fechamento, incluindo aprovação de credores e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

SOBRE A OMEGA GERAÇÃO   

A Omega Geração, uma das empresas líderes em energia renovável no Brasil, é uma plataforma de investimentos em geração de energia renovável dedicada exclusivamente a ativos operacionais.

Listada no Novo Mercado (OMGE3), segmento com as mais rigorosas práticas de governança corporativa da bolsa brasileira, a companhia opera empreendimentos com capacidade instalada de 1.194,9 MW de energia 100% renovável, localizados em 6 estados brasileiros: Maranhão, Piauí, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário