Bom dia ADVFN - Bolsas em queda após ata do FED; Clima quente em Brasília após Senado derrubar veto

LinkedIn
Esse é o Bom dia, Investidor! 20 de agosto de 2020, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!
Um dia após o S&P 500 encerrar o período mais curto de um mercado de baixa (bear market) da história, cravando um novo recorde de alta, a autoridade monetária chamou a atenção para os “riscos consideráveis” às perspectivas econômicas dos Estados Unidos no médio prazo.
Com a sinalização do Fed de preocupações com o impacto contínuo do coronavírus na economia, as ações recuaram e o dólar americano subiu, com a busca por proteção. O mercado ainda aguarda a nova data para americanos e chineses reverem a fase I do acordo comercial que, segundo o Wall Street Journal, será nos próximos dias.
Os índices futuros das bolsas de Nova York amanheceram no vermelho. Ainda assim, as perdas são moderadas. Na Europa, as principais bolsas abriram em queda, reagindo à postura cautelosa e à perspectiva desanimadora do Fed. A sessão na Ásia também foi de reação ao Fed, sendo que a disputa entre EUA e China também pesou.
As tensões geopolíticas continuam na agenda depois que o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, alertou a Rússia e a China para não violarem a reimposição de sanções da ONU ao Irã.
Na Ásia, o Shangai SE recuou 1,30% e o Hang Seng Index, de Hong Kong, registrou desvalorização de 1,54%. Em Tóquio, o Nikkei 225 recuou 1%. Kospi liderou as perdas com queda de -3,66%, após os casos de coronavírus aumentando três dígitos pelo sétimo dia consecutivo.
Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\V20) estão sendo negociados a US$ 42,66, queda de -0,7%. O Brent (NYMEX:BZ\V20) opera em queda de -1,0%, negociado a US$ 44,93.
Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 11.766. O ouro (COMEX:GC\Q20) é negociado a US$ 1.930. por onça-troy.
Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam em queda de 1,40%, cotados a 848.000 iuanes, equivalente hoje a US$ 122,51.

Acompanhe o preço do Ouro, Petróleo, Bitcoin, bolsas internacionais e muito mais em um único lugar e em tempero real: Monitor ADVFN

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Coronavírus

O mundo registra 22.423.016 de casos de coronavírus e 787.909 mortes, confirmadas hoje pela Universidade Johns Hopkins.

O Brasil passou a marca de 110 mil mortes por causa da pandemia do novo coronavírus. Ao todo, o país soma 3.456.652 casos e 111.100 óbitos em decorrência da infecção do novo coronavírus.

A taxa de contágio do novo coronavírus no Brasil está abaixo 1, segundo o relatório mais recente da Imperial College, de Londres. Na semana encerrada no dia 16 de agosto, o país registrou uma taxa de 0,98. Esse número indica para quantas pessoas um paciente infectado transmite o vírus. Quando a taxa se estabiliza abaixo de 1 durante algumas semanas, o aumento na quantidade de casos e mortes pela Covid-19 pode desacelerar.

TRENDS ADVFN: COVID X OUTRAS PANDEMIAS – VEJA AS LIÇÕES QUE A HISTÓRIA NÃO TE ENSINA 

Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que o governo cogita a prorrogação do auxílio emergencial até o final do ano, com um valor que fique “no meio termo” entre o patamar atual de R$ 600 e o valor cogitado pela equipe econômica, de R$ 200.

Em mais um gesto de aproximação, Jair Bolsonaro almoçou ontem (19) com alguns líderes do Centrão no Palácio do Planalto. Convidado, o líder do PSL não foi

Poderes

Em uma derrota para o governo, o Senado votou para derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à medida que permite reajuste salarial para algumas categorias do funcionalismo público até o final de 2021. A proposta foi aprovada pelo Congresso dentro do socorro financeiro a estados e municípios, mas acabou barrada pelo Palácio do Planalto.

O governo foi pego de surpresa com a votação do Senado e pediu mais tempo para negociar. Com isso, a análise da proposta pelos deputados federais foi adiada para esta quinta-feira (20). Para um veto ser rejeitado, a decisão precisa ser tomada pelas duas casas do Congresso.

Com o veto, negociado em troca do auxílio a Estados e municípios na pandemia, a equipe econômica esperava economizar R$ 130 bilhões. O dia, portanto, será de muita expectativa e tensão. A sessão para a deliberação dos deputados está marcada para as 15h.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o veto do Senado à proibição de reajuste salarial de servidores é um “crime contra o país”.

Justiça

O ministro Celso de Mello se afastou do Supremo para realizar um novo tratamento de saúde. A licença dele pode ter um forte impacto no andamento de casos importantes e de muita repercussão dentro da Corte, como o julgamento da ação na qual o ex-presidente Lula acusa Sergio Moro de ter agido com parcialidade contra ele, quando juiz…

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar nesta quarta-feira (19) uma ação da Rede que pede a suspensão imediata da produção de um relatório sigiloso solicitado pelo Ministério da Justiça. Um dossiê contendo informações de quase 600 servidores públicos, chamados de antifascistas apelo órgão. O primeiro voto foi da ministra Cármen Lúcia e determinou a suspensão imediata. Segundo a ministra, “sem uma finalidade específica”, a coleta de informações pelo governo “não é admissível para o Estado”. O julgamento foi suspenso e será retomado hoje…

Economia

O ministro Paulo Guedes tenta uma nova estratégia para o Renda Brasil e a desoneração da folha de pagamento. Ele pretende colocar tudo junto com o pacto federativo, que está parado no Senado…

O ministro também disse que haverá uma oferta de R$ 200 bilhões a R$ 300 bilhões em crédito para empresas nos próximos três a quatro meses, o que ajudará a aquecer a atividade econômica, fortemente atingida pela pandemia do coronavírus…

Agenda Econômica

Mais uma ata de reunião de política monetária, desta vez, do Banco Central Europeu (BCE) será conhecida hoje. Já nos EUA, saem os pedidos semanais de auxílio-desemprego e dados sobre a atividade na região da Filadélfia. Por aqui, tem a prévia da confiança da indústria neste mês.

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓 20/08

🇨🇳 Taxa prime de empréstimo de 1 ano do BPC
🇩🇪 Índice de preço ao produtor – IPP (03h00)
🇺🇸 Pedidos de seguro-desemprego semanal (09h00) ⭐️
🇺🇸 Índice de atividade industrial do FED da Filadélfia
 💰🇺🇸💰 RESULTADO TRIMESTRAL 💰🇺🇸💰
🇺🇸 Alibaba
🇺🇸 Ross
💰🇧🇷💰 RESULTADO TRIMESTRAL 💰🇧🇷💰
🇧🇷 Aço Altona (EALT) – Após o fechamento
🇧🇷 Alliar (AALR) – Após o fechamento
🇧🇷 Cogna (COGN) – Após o fechamento

☎️ Teleconferência de resultados ☎️

Nenhuma teleconferência agendada

Aviso ao acionista

💰 Proventos 💰

Data “Com” – Nenhuma empresa negociada como data “Com”…

Data “Ex” – Nenhuma empresa negociada data “Ex”…

Pagamento – Bradespar (BRAP) e Banese (BGIP) agendado para hoje…

Ibovespa e dólar ontem

O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, encerrou o dia em queda de 1,19%, aos 100.853,72 pontos, com um volume financeiro de R$ 28,281 bilhões.

Maiores altas do Ibovespa

MRFG3 +5,97% / R$ 17,22
UGPA3 +4,68% / R$ 19,69
JBSS3 +3,14% / R$ 24,61
GGBR4 +2,72% / R$ 20,02
GOAU4 +2,35% / R$ 9,16

Maiores baixas do Ibovespa

COGN3 -5,46% / R$ 6,58
SBSP3 -5,04% / R$ 52,75
IRBR3 -4,77% / R$ 7,19
SULA11 -4,23% / R$ 46,41
LREN3 -3,75% / R$ 39,76

TRENDS ADVFN: ITUB, NTCO3, BRFS3, ECOR3, LAME4 – Vale a pena investir em empresas que brilham no Índice de Sustentabilidade Empresarial e em ações contra a pandemia?

Dólar

O dólar comercial fechou os negócios nesta quarta-feira (19) com ganhos, tendo no radar a questão fiscal doméstica. A divisa norte-americana subiu hoje 1,13%, cotada a R$ 5,529 na compra e a R$ 5,531 na venda, maior valor de fechamento desde 22 de maio

Na BMF, o dólar futuro de setembro (BMF:DOLU20) subiu 1,63%, a R$ 5,56 e o Índice Bovespa futuro de outubro (BMF:INDV20) fechou em queda de -1,32%, aos 100.770.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 subiu 11 pontos-base a 2,78%, o DI para janeiro de 2023 ganhou 13 pontos, a 3,99% e o DI para janeiro de 2025 avançou 14 pontos-base a 5,82%.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, A bula do mercado, Agência Brasil e BDM.

Deixe um comentário