Em AGE, acionistas da International Meal Company rejeitaram alterações em planos de remuneração a executivos

LinkedIn

Os acionistas da International Meal Company (IMC) (BOV:MEAL3) rejeitaram, em assembleia geral extraordinária realizada virtualmente na quinta-feira, a proposta de aditamentos aos planos de opção de compra de ações da empresa, dona de redes de alimentação como Viena, Pizza Hut e Frango Assado, de 2017 e 2019, atualmente em vigor e que tratam da remuneração variável aos executivos.

— Foto: Silvia Zamboni/Valor

A IMC argumentava que a proposta de alterar a redação dos planos visava “conferir ao conselho de administração flexibilidade para, no melhor interesse da companhia, propor aditamentos aos contratos de opção, com o objetivo de garantir que estes possam cumprir adequadamente suas funções principais: promover o alinhamento dos interesses dos acionistas e dos principais executivos, bem como reter e valorizar tais profissionais”.

Participaram da assembleia acionistas titulares de ações ordinárias representando 38,78% do seu capital social. A proposta foi rejeitada pela maioria, com 74.716.078 votos contra e 8.043.719 a favor, além de 8.043.719 abstenções.

Por Raquel Brandão, Valor

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário