Klabin (KLBN) 2T20: Prejuízo líquido de R$ 438,1 milhões

LinkedIn

A Klabin registrou um prejuízo líquido atribuído aos controladores de R$ 438,1 milhões no segundo trimestre de 2020. No mesmo período do ano anterior, a companhia havia registrado lucro de R$ 70,2 milhões. O desempenho foi fortemente afetado pelo resultado financeiro, negativo em R$ 1,4 bilhão, um salto de 312% em relação ao resultado negativo de um ano antes, com intensa pressão cambial.

Os resultados da Klabin (BOV:KLBN3) (BOV:KLBN4) (BOV:KLBN11) referente a suas operações do segundo trimestre de 2020, foram divulgados no dia 05/08/2020.

→ A empresa de papel e celulose possui R$ 116 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

A taxa de câmbio encerrou o trimestre a R$ 5,48 por dólar (uma desvalorização de 43% do real ante o dólar na comparação com o segundo trimestre de 2019), impactando negativamente o valor de marcação a mercado de swap de taxas de juros em R$ 464 milhões. Estes swaps são atrelados a financiamentos contratados em reais e que por meio destes instrumentos financeiros tem efeito similar a um passivo contratado em dólares, explica a empresa.

A desvalorização do real também gerou efeito negativo na linha de variação cambial líquida em R$ 752 milhões do período, devido ao impacto no endividamento em dólar da Klabin. Essa desvalorização, porém, auxiliou na linha de receitas da empresa, que cresceram 14%, para R$ 2,99 bilhões, também impulsionadas pelo maior volume de vendas. A Klabin registrou um volume total de vendas, excluindo madeira, de 858 mil toneladas, que representa um crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“O aumento no volume de vendas somado a desvalorização cambial no período mais do que compensaram os preços ainda deteriorados de commodities como a celulose”, diz a companhia.

A Klabin registrou um Ebitda ajustado de R$ 1,33 bilhão no período, aumento de 39% em relação ao segundo trimestre de 2019. A empresa destacou que o Ebitda ajustado foi o melhor resultado trimestral da sua história, apontando que esse foi um momento de muitas incertezas por causa da pandemia da covid-19.

A companhia também decidiu postergar a parada de manutenção da Unidade de Monte Alegre para o terceiro trimestre deste ano, em contraste com o segundo trimestre do ano passado cujo custo total da parada representou aproximadamente R$ 90 milhões.

Visão do mercado

Para o analista de empresas, Luis Sales, da Guide Investimentos, o Impacto é Positivo. Seguimos com recomendação positiva para o papel. Acreditamos que a incorporação do Sogemar deverá destravar valor no papel no médio prazo. Ainda, sua forte atuação dentro dos segmentos ESG fortalece ainda mais sua estratégia de longo prazo e seu compromisso com o meio ambiente, o que é importante principalmente devido aos produtos oferecidos pela empresa.

 

→ Confira a agenda completa e a matéria dos resultados trimestrais do 2T20 de todas as empresas da B3.

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário