Sinqia compra empresa de tecnologia do Itaú

LinkedIn

A Sinqia (BOV:SQIA3), provedora de tecnologia para o sistema financeiro firmou contrato para adquirir 100% do capital social da Itaú Administração Previdenciária, que inclui a totalidade das operações da Itaú Soluções Previdenciárias (ISP).

O preço de aquisição será de R$ 82 milhões, composto por uma parcela à vista de R$ 33,6 milhões, a ser paga no fechamento, e por parcela a prazo de R$ 48,4 milhões, a ser paga em 5 prestações anuais a partir do 1º aniversário do fechamento.

A empresa de tecnologia Sinqia, antigamente conhecida como Senior Solution, divulga os resultados do 2T20 no dia 11 de agosto. Em 2020, as ações da empresa desvalorizaram -5,76%.

A ISP possui escritórios no São Paulo e no Rio de Janeiro e 130 colaboradores e reportou um faturamento de R$ 50 milhões nos últimos 12 meses findos em junho. A investida da Sinqia é mais uma da empresa após uma oferta subsequente de ações ocorrida em 2019, quando a Sinqia levantou R$ 362 milhões.

A ISP é uma das principais fornecedoras de softwares e serviços para o segmento de previdência fechada e apresentou receita bruta de R$ 50 milhões nos últimos 12 meses encerrados em 30/06/2020.

A transação será submetida à aprovação dos acionistas da companhia em assembleia a ser convocada nas próximas semanas, uma vez que a transação representa um investimento relevante.

Somente em 2019, a empresa fez quatro aquisições: Atena Tecnologia, ADSPrev, Softpar e Stock & Info. As aquisições devem continuar, segundo Bernardo Gomes, CEO da Sinqia.

“Esse processo foi primordial para o financiamento dessa aquisição, reafirmando a consistência de nossa estratégia de consolidação e inovação que continuará acelerada”, diz Gomes.

A empresa se tornou uma das queridinhas dos investidores em 2019, quando teve uma alta de quase 300% em seus valores. Neste ano, no entanto, a pandemia também vitimou a Sinqia, que ainda não conseguiu recuperar o valor de mercado visto em janeiro e tem queda acumulada de 6,5%.

No primeiro trimestre, último dado divulgado, a empresa faturou R$ 48,6 milhões, aumento de 26% em comparação ao mesmo período do ano passado. A empresa também conseguiu reverter o prejuízo de R$ 2,3 milhões registrado entre janeiro e março de 2019 para um lucro de R$ 443 mil.

 

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário