Unipar (UNIP) 2T20: Lucro líquido de R$ 19,2 milhões

LinkedIn

Unipar registrou lucro líquido de R$ 19,2 milhões no segundo trimestre, revertendo prejuízo de R$ 94,36 milhões no mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano, o consolidado registrou prejuízo de R$ 75,2 milhões (efeito da variação cambial sobre o débito com terceiros)

Os resultados da Unipar (BOV:UNIP3) (BOV:UNIP5) (BOV:UNIP6) referente a suas operações do segundo trimestre de 2020, foram divulgados no dia 12/08/2020.

Ebitda consolidado – lucro antes de antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi de R$ 136,2 milhões no 2T20, 53,5% superior em relação ao 1T20 e de R$ 225,0 milhões no 1S20. O Ebitda da Controladora foi de R$ 64,9 milhões no 2T20, revertendo o Ebitda negativo registrado no 1T20.

→ A Unipar possui R$ 2,97 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

A empresa informou que a utilização da Capacidade de produção de cloro/soda de 76,4% no 1S20, foi 1,9 ponto percentual acima da verificada no 1S19.

A receita líquida Consolidada atingiu R$ 736,6 milhões no 2T20, 8,1% inferior em relação ao 1T20. No acumulado do ano, a receita líquida foi de R$ 1.538,2 milhões, 1,2% superior em relação ao 1S19.

A receita líquida na Controladora foi de R$ 277,9 milhões no 2T20, 12,1% superior em relação ao 1T20 e 3,1% superior em relação ao 2T19.

Em 30 de julho de 2020, foi realizada a AGO, postergada conforme Medida Provisória 931/2020, tendo sido aprovadas todas as matérias da pauta, inclusive a eleição dos membros do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal.

Recompra de ações

Em 17 de julho de 2020, foi aprovado o aditamento ao 2º Programa de Recompra de ações, cujo prazo se encerra em 13 de novembro de 2021.

No âmbito do Aditamento ao Segundo Programa de Recompra, o Conselho de Administração aprovou a alteração do limite máximo de ações a serem adquiridas, em uma série de operações, anteriormente de 771.634 ações ordinárias, 193.605 ações preferenciais classe “A” e 4.578.069 ações preferenciais classe “B” de emissão da Companhia, para até 1.316.294 ações ordinárias, 203.425 ações preferenciais classe “A” de emissão da Companhia, mantendo-se inalteradas as demais disposições do Segundo Programa de Recompra incluindo o limite máximo de ações preferenciais classe “B” de emissão da Companhia a serem adquiridas no âmbito do segundo programa de recompra aprovado em maio de 2020.

Considerando que, até o dia 16 de julho de 2020, a Companhia já havia efetuado, no âmbito do segundo programa de recompra, a recompra de 771.500 ações ordinárias, 22.200 ações preferenciais classe “A” e 114.800 ações preferenciais classe “B”, o montante a ser empregado na hipótese da recompra do restante das ações disponíveis no âmbito do segundo programa de recompra, equivalente a 544.794 ações ordinárias, 181.225 ações preferenciais classe “A” e 4.463.269 ações preferenciais classe “B” de emissão da Companhia, corresponderia a aproximadamente R$132 milhões de reais, conforme cotações de fechamento de cada classe e espécie de ações de emissão da Companhia em 16 de julho de 2020.

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário