O que o acordo da TikTok nos Estados Unidos significa para Europa

LinkedIn

LONDRES – Dizer que foi um ano turbulento até agora para a TikTok e sua controladora ByteDance seria um eufemismo.

A TikTok está envolvida em uma batalha geopolítica cada vez mais intensa entre a China e outras nações, com o aplicativo sendo banido nos EUA e na Índia, que era seu maior mercado em termos de número de usuários. Governos disseram que as ligações da TikTok com a China a tornavam uma ameaça à segurança nacional, mas a empresa contestou isso desde o início.

Parecia que as coisas iriam se acalmar depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, deu sua “bênção” a um acordo da TikTok com a Oracle e o Walmart no domingo, mas Pequim ainda não deu sua aprovação. O que acontece a seguir não ficou claro.

Supondo que o negócio seja concretizado, o que acontecerá com a TikTok na Europa? Lar de mais de 100 milhões de usuários TikTok e mais de 1.600 funcionários TikTok, a Europa quase não foi mencionada em toda esta saga. Mas os usuários, anunciantes e funcionários do TikTok devem estar se perguntando como eles serão afetados, se é que serão afetados.

Sede em Londres?

Menos de um mês atrás, falava-se em colocar a sede internacional da TikTok em Londres, mas isso parece cada vez mais improvável.

“Supondo que o acordo Oracle/Walmart seja concluído, a sede da TikTok Global com certeza será nos Estados Unidos”, disse Matthew Brennan, analista de mídia social com base na China.

A TikTok tem escritórios em Paris, Berlim e Dublin, mas Londres é o maior centro da TikTok na Europa por alguma margem.

“Londres ser a sede de uma empresa como a TikTok teria sido um golpe para a cidade, mas parece que não é”, disse Brennan à CNBC, acrescentando que esse acontecimento teria aumentado muito o prestígio de Londres em termos de atrair empresas-talento de tecnologia.

O Reino Unido está enfrentando uma espécie de “fuga de tecnologia” à medida que as empresas saem ou mudam de estratégia.

“Primeiro, a Nvidia comprou a Arm”, disse ele. “Agora, a TikTok está mudando de marcha. Isso é muito mais do que investimentos e empregos perdidos. Onde quer que essas empresas estejam, elas darão origem à próxima geração de ecossistemas e indústrias. Conforme as empresas de tecnologia saem do Reino Unido para os EUA, novas tensões geopolíticas podem surgir entre Londres e Washington – sobre tecnologia ”.

Porém, nem todo mundo se importa se a TikTok estabelece seu Headquarter internacional fora de Londres.

Timothy Armoo, presidente-executivo da Fanbytes, disse: “Não acho que seria uma perda tão grande para ser justo”.

“O ecossistema de Londres está bastante avançado, com algumas empresas incríveis sediadas aqui”, disse ele. “Claro, a falta de empregos será um golpe de curto prazo, mas a longo prazo, acho que qualquer impacto será muito pequeno.”

Armazenamento de dados

Segundo o acordo, os dados dos usuários americanos do TikTok seriam armazenados em servidores Oracle em data centers americanos.

Os usuários do TikTok na Europa atualmente têm seus dados armazenados em servidores nos Estados Unidos, com uma cópia de backup em Cingapura. Quem opera esses servidores é menos claro e a TikTok se recusou a comentar quando questionada pela CNBC.

No mês passado, antes de grande parte do caos, a TikTok anunciou que estava construindo seu primeiro data center europeu na Irlanda.

Quando estiver em funcionamento, a instalação de 420 milhões de euros (US $ 493 milhões) armazenará e processará dados de todos os usuários europeus da TikTok. No entanto, isso não acontecerá até pelo menos 2022.

Anunciantes e criadores

Do ponto de vista da publicidade, as empresas europeias ainda desejam gastar no TikTok, de acordo com Armoo, de Fanbytes.

“A maioria das empresas europeias com as quais falamos está mais olhando para a oportunidade fornecida pela plataforma do que para a narrativa anti-China. Os usuários também ficam perplexos. ”

Os criadores do TikTok – qualquer pessoa que poste um vídeo na plataforma – continuam a aumentar na Europa.

Alguns deles esperam garantir uma parcela do “Fundo do Criador” de 250 milhões de euros que a TikTok anunciou em 1º de setembro. A empresa disse que o fundo foi projetado para ajudar os criadores a transformar sua criatividade em carreira.

Um fundo semelhante existe nos Estados Unidos e, globalmente, a TikTok espera distribuir mais de US $ 2 bilhões para criadores nos próximos três anos, à medida que tenta concorrer com Instagram e YouTube.

Deixe um comentário