Os mercados europeus fecham ligeiramente em alta com o impasse do Brexit em foco

LinkedIn

As bolsas europeias fecharam ligeiramente em alta na sexta-feira, com os investidores monitorando as tensas negociações entre o Reino Unido e a União Europeia.

A UE pediu na quinta-feira que o Reino Unido abandonasse seu plano de renegar o Acordo de Retirada do Brexit e ameaçou com ação legal, mas o governo do primeiro-ministro britânico Boris Johnson prometeu avançar com sua Lei do Mercado Interno, apesar do reconhecimento de que a medida viola a lei internacional.

O Reino Unido e a UE estão atualmente tentando chegar a um acordo comercial antes do final do período de transição em 31 de dezembro, com o Reino Unido definido para entrar nas regras da Organização Mundial do Comércio se nenhum acordo for alcançado.

Na sexta-feira, a Grã – Bretanha anunciou que havia garantido seu primeiro grande acordo comercial pós-Brexit, concordando em princípio com um acordo de livre comércio com o Japão. O acordo provisório, que exigirá a aprovação dos parlamentos do Reino Unido e do Japão, está programado para entrar em vigor no final do ano.

Em termos de dados, a economia do Reino Unido cresceu 6,6% em julho em uma base mensal, de acordo com as estimativas iniciais publicadas na sexta-feira, conforme a economia busca se recuperar da forte desaceleração causada pelas medidas de bloqueio induzidas pelo coronavírus.

Em termos de dados, a economia do Reino Unido cresceu 6,6% em julho em uma base mensal, de acordo com as estimativas iniciais publicadas na sexta-feira, conforme a economia busca se recuperar da forte desaceleração causada pelas medidas de bloqueio induzidas pelo coronavírus.

Nos Estados Unidos, as ações dos EUA subiram em outra sessão volátil na sexta-feira, com a tecnologia mais uma vez tentando se recuperar de sua recente queda. O Dow Jones Industrial Average negociou 190 pontos acima, ou 0,7%. O S&P 500 subiu 0,4%, enquanto o Nasdaq Composite ficou estável.

Euro Stoxx 50 (STOXX:SX5E) índice formado pelas 50 ações com maior liquidez, fechou  de 0,0%, sendo cotado a 3.315,81.

Confira o Ranking dos papéis que mais subiram e caíram na Euronext.

O índice FTSE 100 (FTSE:UKX), principal indicador de desempenho do mercado acionário do Reino Unido representando a variação das cem principais companhias da Inglaterra, fechou em alta, cotado a 6.032,09. Veja o desempenho de todos os ativos da terra da rainha.

Em Paris, o Índice CAC 40 (EU:PX1), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores da Euronext Paris, subiu 0,2%.

Na Itália, o índice BIT (BITI:FTSEMIB), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores de Milão, representando 10 diferentes setores da economia italiana valorizou 0,05%.

Confira o Toplist da principal bolsa italiana.

Na Alemanha, o índice DAX (DBI:DAX), composto pelas ações das 30 de empresas negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt (Deutsche Börse), fechou em baixa de 0,05%, sendo cotado a 13,202,84. Confira o ranking completo dos papéis negociados na Alemanha.

Deixe um comentário