Principais mercados asiáticos fecham em alta com indicadores mostrando recuperação econômica na China

LinkedIn
As principais bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira (15), com os investidores observando a melhora nos dados econômicos de agosto da China.

A recuperação econômica da China se acelerou em agosto, com os principais indicadores subindo a taxas mais rápidas à medida que as medidas de apoio de Pequim entraram em ação para impulsionar o crescimento em meio à pandemia de covid-19.

As vendas no varejo, um importante indicador do consumo da China, voltaram a crescer pela primeira vez em 2020, subindo 0,5% em agosto em relação ao ano anterior, de acordo com dados divulgados na terça-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês). O resultado foi melhor do que a queda de 1,1% em julho e um aumento de 0,1% esperado por economistas ouvidos pelo “The Wall Street Journal”.

Na comparação com julho, as vendas no varejo cresceram 1,25% em agosto.

Já a produção industrial cresceu 5,6% em agosto ante um ano antes, acima da alta de 4,8% em julho, disse o departamento de estatísticas. Os economistas esperavam crescimento de 5,2%.

Os investimentos em ativos fixos não rurais, uma medida importante da atividade da construção, caíram 0,3% no período de janeiro a agosto em relação ao ano anterior. O resultado foi melhor que a queda de 1,6% nos primeiros sete meses do ano. O dado de agosto ficou em linha com o previsto pelos economistas.

Mercado imobiliário

O NBS também informou nesta terça-feira em Pequim que as vendas de casas na China continuaram crescendo em agosto, à medida que o mercado imobiliário se recuperou mais rápido do que o esperado da pandemia de coronavírus.

As vendas de casas em volume aumentaram 4,1% em janeiro-agosto em relação ao mesmo período do ano anterior, após um aumento de 0,4% no período janeiro-julho.

Os investimentos imobiliários, inclusive em imóveis comerciais e residenciais, aumentaram 4,6% nos primeiros oito meses do ano, prolongando a alta de 3,4% no período janeiro-julho.

As construções civis iniciadas recuaram 3,6% no período de oito meses, ante queda de 4,5% nos sete primeiros meses do ano.

A China está impondo controles mais rígidos sobre as taxas de endividamento dos incorporadores em meio a preocupações com um possível colapso imobiliário.

Anteriormente, as autoridades restringiam principalmente a compra de casas e os preços dos imóveis, mas agora estão começando a regulamentar os incorporadores com risco de dívida para evitar um mercado superaquecido e bolhas financeiras.

As ações da China continental fecharam em alta, com o índice de Xangai subindo +0,51%, para cerca de 3.295,68, com o composto de Shenzhen também fechando em alta. O índice Hang Seng de Hong Kong também fechou em alta de +0,38% final do pregão.
No Japão, o Nikkei 225 recuou -0,44% para fechar em 23.454,89. O índice Topix também recuou -0,62%, encerrando o pregão em 1.640,84.

Yoshihide Suga garantiu uma vitória esmagadora na eleição interna do governista Partido Liberal Democrata (PLD) e será o próximo primeiro-ministro do Japão. Suga se tornará premiê após uma votação formal marcada para amanhã no Parlamento japonês.

Nos últimos oito anos, Suga, de 71 anos, esteve no centro do governo de Shinzo Abe, ocupando o posto de chefe do Gabinete. Ele substituirá Abe, que deixa o cargo por problemas de saúde.

A vitória de Suga, com uma campanha baseada explicitamente em seu histórico no governo Abe, significa a continuidade do apoio ao estímulo monetário por parte do Banco do Japão (o banco central japonês) e de uma estreita aliança de segurança com os EUA. Segundo o jornal “Nikkei”, Suga planeja manter Taro Aso como ministro de Finanças e vice-premiê.

Na Coréia do Sul, o Kospi avançou em + 0,65%, a 2.443,58.
No geral, o índice MSCI Asia ex-Japão subiu 0,46%.
FECHAMENTO 🇯🇵🇨🇳🇭🇰🇰🇷 ÁSIA
🇯🇵 NIKKEI 225 -0,44% 🇯🇵
🇨🇳 SHANGAI +0,51%🇨🇳
🇭🇰 HANG SENG +0,38%
🇰🇷 KOSPI +0,65%🇰🇷

Austrália

O Reserve Bank of Australia divulgou na terça-feira a ata de sua reunião de setembro, onde os membros observaram que “a desaceleração não foi tão severa quanto se esperava e uma recuperação estava em andamento na maior parte da Austrália”.

Moedas

O índice do dólar , que acompanha o dólar norte-americano em comparação com a cesta de seus pares, estava em 92,873 (-0,20%).

🇺🇸 x 🇯🇵 – 105,65 (FX:USDJPY)
🇺🇸 x 🇨🇳 – 6,77 (FX:USDCNY)
🇺🇸 x 🇭🇰 – 7,75 (FX:USDHKD)
🇺🇸 x 🇰🇷 – 1.179 (FX:USDKRW)
🇺🇸 x 🇦🇺 – 1,36 (FX:USDAUD)

Commodities

Os preços do petróleo caíram na tarde do pregão asiático, madrugada no Brasil, com os contratos futuros de referência internacional Brent recuando -0,3%, para US$ 39,49 dólares por barril. Os contratos futuros de petróleo WTI também recuaram -0,21%, para US$ 37,18 por barril.

Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam em queda de 1,78%, cotados a 827.500 iuanes, equivalente hoje a US$ 122,16.

Deixe um comentário