Ações europeias fecham em baixa com estímulo dos EUA, dados do consumidor e ganhos em foco

LinkedIn

As bolsas europeias fecharam ligeiramente em baixa na quinta-feira, com os investidores digerindo a incerteza sobre o estímulo do coronavírus nos EUA, novos dados de consumidores e uma série de lucros corporativos.

Com relação aos dados, a confiança do consumidor alemão diminuiu com o índice prospectivo da GfK para novembro chegando a -3,1 pontos, ante 1,7 pontos em outubro. Mais tarde na sessão, uma estimativa rápida da Comissão Europeia mostrou que a confiança do consumidor da zona do euro caiu 1,6 pontos em outubro, para -15,5.

As negociações de estímulo dos EUA continuam em foco para os mercados globais com incerteza sobre se um acordo pode ser alcançado antes da eleição presidencial de 3 de novembro. No entanto, comentários sobre as negociações de estímulo do vice-chefe de gabinete da presidente da Câmara, Nancy Pelosi, Drew Hammill, ofereceram algum espaço para otimismo na quarta-feira.

“O Presidente e Secretário Mnuchin falaram hoje às 14h30 por 48 minutos. A conversa de hoje nos deixa mais perto de poder colocar a caneta no papel para redigir legislação”,  escreveu Hammill no Twitter logo após o fechamento em Wall Street.

Em Wall Street, os principais índices de ações caíram principalmente, à medida que os comerciantes pesavam os últimos desenvolvimentos em torno das negociações de estímulo. Os investidores também monitoraram um alerta de autoridades americanas de que o Irã e a Rússia estão tentando interferir nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Em relação aos dados, os pedidos de seguro- desemprego semanais caíram para 787.000 na semana que terminou em 17 de outubro, marcando a primeira vez desde março que os pedidos de seguro ficaram abaixo de 800.000.

Euro Stoxx 50 (STOXX:SX5E) índice formado pelas 50 ações com maior liquidez, fechou em baixa de 0,2%, sendo cotado a 3.171,41.

Confira o Ranking dos papéis que mais subiram e caíram na Euronext.

O índice FTSE 100 (FTSE:UKX), principal indicador de desempenho do mercado acionário do Reino Unido representando a variação das cem principais companhias da Inglaterra, fechou em alta, cotado a 5.785,65. Veja o desempenho de todos os ativos da terra da rainha.

Em Paris, o Índice CAC 40 (EU:PX1), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores da Euronext Paris, caiu 0,5%.

Na Itália, o índice BIT (BITI:FTSEMIB), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores de Milão, representando 10 diferentes setores da economia italiana desvalorizou 0,05%.

Confira o Toplist da principal bolsa italiana.

Na Alemanha, o índice DAX (DBI:DAX), composto pelas ações das 30 de empresas negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt (Deutsche Börse), fechou em baixa de 0,1%, sendo cotado a 12.543,06. Confira o ranking completo dos papéis negociados na Alemanha.

 

WhatsApp Image 2020-11-18 at 13.43.59

Deixe um comentário