American Airlines informa prejuízo líquido de US$ 2,4 bilhões no terceiro trimestre

LinkedIn

A American Airlines (NASDAQ:AAL) divulgou na quinta-feira (22) outra grande perda trimestral, já que a pandemia do coronavírus prejudicou a demanda por viagens no verão americano.

A receita caiu 73% nos três meses encerrados em 30 de setembro, para US$ 3,17 bilhões, de US$ 11,9 bilhões no ano anterior. A operadora registrou prejuízo líquido de US$ 2,4 bilhões no terceiro trimestre, ante um lucro de US$ 425 milhões no ano anterior. A American registrou uma perda por ação de US$ 5,54, melhor do que os analistas esperavam.

Veja o desempenho da American em comparação com o que Wall Street esperava, com base nas estimativas médias compiladas pela Refinitiv:

  • Resultados ajustados: uma perda de US$ 5,54 contra uma perda esperada de US$ 5,86.
  • Receita: US$ 3,17 bilhões contra US$ 2,81 bilhões esperados.

A American reduziu sua queima de caixa para cerca de US $ 44 milhões por dia no terceiro trimestre, de US$ 58 milhões no trimestre anterior. Ela espera cair para US$ 25/30 milhões por dia no quarto trimestre.

A American, sediada em Fort Worth, começou a dispensar 19.000 funcionários neste mês, depois que expiraram os termos de US$ 25 bilhões de estímulo federal para o setor de aviação em dificuldades. A American tem sido a mais expressiva em pedir aos legisladores e ao governo Trump que forneçam outros US$ 25 bilhões em ajuda às companhias aéreas, mas até agora nenhum acordo foi fechado.

A American discutirá seus resultados com analistas às 8h30 ET.

As ações caíram 1,4% antes no premarket. A empresa disse que autorizou a venda de ações para levantar até US$ 1 bilhão.

CapturadeTela2020-10-22às11.02.39

Gráfico diário/15 minutos do dia 22/10/20 da AAL – br.advfn.com

Fontes: CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Deixe um comentário