Eletrobras assinou acordo de leniência da Camargo Corrêa e receberá R$ 117 milhões

LinkedIn

A Eletrobras assinou termo de adesão ao acordo de leniência, firmado pela Controladoria-Geral da União(CGU) e Advocacia Geral da União (AGU) com a Camargo Corrêa, e deve ser ressarcida em R$ 116,899 milhões por empreendimentos dos quais participa, direta ou indiretamente, por meio de suas controladas.

A Eletrobras é negociada na B3 através dos papéis (BOV:ELET3) (BOV:ELET6). A estatal divulga os resultados do 3T20 no dia 11 de novembro.

Os pagamentos serão realizados em 24 parcelas anuais a serem corrigidas pela taxa Selic, de acordo com a estatal.

Segundo fato relevante divulgado nesta segunda-feira (26) pela companhia, com o acordo, R$ 28.899.890,67 devem ser destinados à Eletrobras, R$ 28.899.890,67 para a Chesf, R$ 38.498.514,62 para a Eletronorte e R$ 20.601.123,36 para Furnas.

“Esta é uma oportunidade de fazer retornar à Eletrobras parte dos recursos a que a companhia tem direito, diante dos prejuízos causados pela construtora, decorrentes do esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato, além de garantir o acesso às informações e documentos obtidos por intermédio do citado Acordo, de forma a avaliar se há outras medidas de ressarcimento cabíveis a serem adotadas, em razão dos atos ilícitos dos quais foi vítima”, afirma a empresa.

A Eletrobras acrescentou que também terá acesso garantido às informações e documentos obtidos por intermédio do acordo, assinado pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pela Advocacia Geral da União (AGU), “de forma a avaliar se há outras medidas de ressarcimento cabíveis a serem adotadas, em razão dos atos ilícitos dos quais foi vítima”.

Paulo Guedes diz que privatização da Eletrobras está acertada no Senado

O ministro da Economia Paulo Guedes afirmou a interlocutores que a privatização da Eletrobras  já está acertada no âmbito do Senado Federal. As informações foram publicadas na coluna do Lauro Jardim, no jornal “O Globo”.

De acordo com o Ministro da Economia, no entanto, ainda falta um acordo com a Câmara dos Deputados. Guedes afirmou que falta compromisso da casa com desestatização da Eletrobras.

A Eletrobras – Centrais Elétricas Brasileiras – divulgou lucro líquido de R$ 4,59 bilhões no segundo trimestre de 2020, uma queda de 17% sobre o lucro líquido de R$ 5,56 bilhões apurados no mesmo trimestre do ano passado.

VISÃO TÉCNICA. Um oferecimento de YouTrade. Acesse: www.youtrade.pro.br


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações. Clique e fale com o especialista.FaleComEspecialista

Deixe um comentário