Milton Maluhy Filho vai assumir a presidência do Itaú a partir de fevereiro

LinkedIn

Milton Maluhy Filho vai assumir a presidência do Itaú Unibanco a partir de fevereiro do ano que vem, substituindo Candido Bracher, que completará a idade limite de 62 anos em dezembro.

O comunicado foi enviado ao mercado na noite desta quinta-feira (29). Itaú Unibanco é negociado na B3 através dos papéis (BOV:ITUB3) (BOV:ITUB4).

Milton tem 44 anos e está no banco desde janeiro de 2002. Ele já ocupou o cargo de diretor-executivo da Rede e de Cartões, foi CEO do banco no Chile e vice-presidente da área de riscos e finanças.

“Em todas estas posições sempre se destacou pela determinação na busca de resultados, pelo foco no interesse do cliente, pela capacidade de criar equipes produtivas e harmoniosas e pela grande identificação com a nossa cultura, o que o levou à posição de sócio do banco em 2011, aos 35 anos”, disse o Itaú no comunicado.

Pedro Moreira Salles e Roberto Setubal, como Copresidentes do Conselho de Administração do Itaú Unibanco, afirmaram estar orgulhosos pela indicação de um profissional com as qualidades do Milton, que está plenamente à altura dos desafios que se apresentam, aos quais responderá com dinamismo e determinação.

A Companhia comunica, também, que seguirá contando com as contribuições do Candido, que retornará ao Conselho de Administração do Itaú Unibanco em 2021. Durante o período em que presidiu o Itaú Unibanco, Candido deixou sua marca em diversas frentes, especialmente no renovado foco no cliente, que já se consolidou através da organização e permanecerá como um eixo fundamental de nossa evolução.

O banco Itaú Unibanco pretende divulgar os resultados do terceiro trimestre no dia 03 de novembro.

VISÃO DO MERCADO

Um dos pontos destacados pelos analistas é sua idade, de 44 anos. Maluhy está no bancos desde 2002 e passou por diversas aéreas, como Diretor Comercial, Diretor Executivo de Produtos de Atacado e Diretor Presidente do Itaú CorpBanca. Ele se tornou sócio do banco em 2011, aos 35 anos. Pelo estatuto, Maluhy comandará o banco pelos próximos 18 anos.

“Em nossa opinião, ser jovem envia uma mensagem muito importante de continuidade de longo prazo, especialmente porque muitas decisões importantes tomadas hoje levarão tempo para produzir resultados”, afirmam os analistas Eduardo Rosman e Thomas Peredo, do BTG Pactual.

Para a Ágora, Maluhy terá a responsabilidade de tocar o plano de transformação digital para bater de frente com os concorrentes.

“Embora continuemos esperando que o Itaú busque uma mudança de dentro para fora, observamos que, como um sangue novo, Milton pode potencialmente considerar outras estratégias que tendemos a ver como mais eficazes em processos de transformação complexos”, disseram os analistas Victor Schabbel e José Cataldo.

Tanto a Ágora quanto o BTG receberam o nome de Schabbel com bons olhos, destacando o seu preparo e sua experiência.

“Acreditamos que ele será capaz de entregar as reduções de custos e a transformação que o banco necessita, e ele parece estar relativamente aberto para ouvir e aprender”, afirmou o BTG.

VISÃO TÉCNICA. Um oferecimento de YouTrade. Acesse: www.youtrade.pro.br


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações. Clique e fale com o especialista da YouSave em www.yousave.com.br.FaleComEspecialista

Deixe um comentário