Santander Brasil vai pagar R$ 1 bilhão em juros sobre capital próprio

LinkedIn

O banco Santander Brasil aprovou a remuneração aos acionistas e anunciou o pagamento de juros sobre capital próprio. O valor total bruto chega a R$ 1 bilhão.  Após deduzido o valor relativo ao Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), o montante líquido é de R$ 850 milhões.

A aprovação ocorreu nesta segunda-feira (26). O valor líquido por ação ordinária (BOV:SANB3) será de R$ 0,10859906709, com retenção de imposto de renda na fonte. Para ações preferenciais (BOV:SANB4), o valor líquido por ação será de R$ 0,11945897381 e R$ 0,22805804089 por Unit.

As ações da companhia serão negociadas como “ex-juros sobre capital próprio” a partir do dia 5 de novembro de 2020.

O pagamento será a partir do dia 23 de dezembro de 2020.

No segundo trimestre, Santander registrou lucro líquido de R$ 2,02 bilhões, queda de 16,6% na comparação anual.

Expectativa para o 3T20

Os grandes bancos devem começar a ver os efeitos da crise do coronavírus pelo retrovisor nos resultados do terceiro trimestre. O Santander deve anunciar os resultados trimestrais nesta quarta-feira (28).

A expectativa positiva para os números do trimestre inclusive levou um pequeno rali nas ações de Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander neste mês de outubro, com altas de até 20%. No acumulado do ano, porém, o setor segue com um dos piores desempenhos da bolsa.

Os bancões certamente terão de lidar com uma maior inadimplência, que foi contida em um primeiro momento diante dos processos de renegociação e prorrogação dos vencimentos de parcelas no auge da crise.

Isso sem falar no grande ponto de interrogação com o avanço da concorrência das fintechs, as novas empresas de tecnologia financeira. O grande indutor da competição é o Banco Central, que lança em novembro o Pix, o sistema de transferências e pagamentos instantâneos — e gratuitos.

Dos quatro bancos, o Santander é o que deve mostrar a maior evolução nos resultados, segundo os analistas. A média das estimativas aponta para um lucro de R$ 2,764 bilhões, um avanço de 29,4% na comparação com o trimestre anterior, mas ainda assim uma queda de 25% frente ao mesmo período de 2019.

expectativa positiva para o balanço provocou um pequeno rali nas ações da unidade brasileira do banco espanhol (SANB11), que acumulam valorização de quase 15% em outubro.

“A retomada da economia brasileira, especialmente a concessão de crédito imobiliário, automóveis e cartão de crédito, deve ter um impacto positivo no crescimento da carteira de crédito do banco”, escreveram os analistas do UBS BB, em relatório a clientes.

VISÃO TÉCNICA. Um oferecimento de YouTrade. Acesse: www.youtrade.pro.br


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações. Clique e fale com o especialista.FaleComEspecialista

Deixe um comentário