China já realizou quatro milhões de transações equivalentes a US$ 300 milhões com yuan digital

LinkedIn

Até agora, a fase de testes da moeda digital emitida por banco central (CBDC, na sigla em inglês) da China realizou quatro milhões de transações, segundo Yi Gang, presidente do Banco do Povo da China (PBoC).

Em palestra à conferência virtual Hong Kong Fintech Week nessa segunda-feira (2), Yi disse que os testes estão acontecendo sem problemas em quatro cidades do país, com quatro milhões de transações realizadas, envolvendo mais de dois bilhões de yuans (ou US$ 300 milhões).

Yi disse que a CBDC da China, também conhecida como DC/EP (“Moeda Digital/Pagamento Eletrônico” em português) está em sua etapa inicial e precisa de estrutura regulatória mais abrangente. Ele acrescentou que o PBoC irá iniciar discussões com foco nas estruturas jurídicas para CBDCs.

No mês passado, o PBoC publicou uma versão revisada para a atual lei bancária central, que visa legalizar o status do renminbi em sua forma digital e proibir a emissão de qualquer forma de tokens digitais que visam substituir a circulação do Renminbi.

Grandes bancos comerciais da China começaram a testar a DCEP em comércios nas cidades de Chengdu, Suzhou, Shenzhen e Xiong’An este ano.

Em outubro, o governo local de Shenzhen realizou um teste em maior escala, premiando cerca de US$ 1,5 milhão em DCEP para 50 mil residentes locais para permitir que usassem a criptomoeda.

Deixe um comentário