Conselho da Copasa recomenda pagamento de dividendos extraordinários e contratação de R$ 500 milhões em debêntures

LinkedIn

O conselho de administração da Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa (BOV:CSMG3) recomendou para deliberação de Assembleia Geral Extraordinária, a ser convocada, a distribuição de dividendos extraordinários no valor de R$ 820 milhões, utilizando parte do saldo da conta de reservas de retenção de lucros existente no balanço do exercício encerrado em 31 de dezembro de 2019.

Segundo a Copasa, o pagamento deverá ocorrer ainda neste exercício social.

A companhia destacou que a decisão foi tomada considerando a alavancagem atual e após a realização de estudos indicando que eventual pagamento de dividendos extraordinários não colocará em risco a saúde financeira, o plano de investimentos ou a liquidez corrente.

Em Setembro, a empresa aprovou a declaração de JCP referente ao 3º trimestre de 2020 no valor de R$ 63,1 milhões.

R$ 500 milhões em debêntures

O conselho também recomendou a contratação de operação de crédito de longo prazo, por meio da emissão pública de debêntures simples, não conversíveis em ações, no montante de até R$ 500 milhões.

A empresa informou que os recursos serão destinados à execução de parte do Programa de Investimentos da Companhia.

Resultado da Copasa no Terceiro Trimestre de 2020

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (CSMG3) registrou um lucro líquido de R$ 240,5 milhões no terceiro trimestre deste ano. Esse valor é equivalente a alta de 24% em comparação com o mesmo período no ano passado, quando havia registrado lucro de R$ 131,4 milhões.

receita líquida da Copasa totalizou R$ 1,36 bilhão, alta de 2% em relação ao terceiro trimestre de 2019. Segundo a companhia, a receita líquida do segmento de águaesgoto e resíduos sólidos subiu 6,1%, para R$ 1,2 bilhão, puxado pelo reajuste tarifário médio de 8,38%.

Deixe um comentário