GPA: Credores autorizam cisão de Assaí

LinkedIn

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) obteve as autorizações necessárias dos credores para uma potencial cisão do Assaí.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:PCAR3) nesta sexta-feira (20). Segundo o GPA, não haverá qualquer alteração na alocação de dívida bruta entre ela e o Assaí e nos prazos de vencimento das dívidas.

“A companhia acredita que o endividamento do GPA e de Assaí se encontram em patamares adequados e permitirá a manutenção de seus respectivos níveis de investimento, suportando o forte crescimento dos negócios”, diz o GPA em comunicado.

Lucro líquido de R$ 386 milhões no 3T20

 O Grupo Pão de Açúcar (GPA) reportou um lucro líquido dos acionistas controladores de R$ 386 milhões – alta de 151% em relação aos R$ 153 milhões do terceiro trimestre de 2019. O mercado projetava a cifra a R$ 253 milhões.
A receita de vendas da companhia somou R$ 21,3 bilhões, alta de 57,5% ante os R$ 13,52 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. O montante reúne as operações do GPA Brasil Alimentar e do Grupo Éxito, adquirido pelo GPA no ano passado. As operações brasileiras registraram alta de 18% na receita líquida, para R$ 15,9 bilhões, enquanto o colombiano Éxito teve receita líquida de R$ 5,32 bilhões.
O Pão de Açúcar (GPA) possui valor de mercado de R$ 17,5 bilhões. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

 

Deixe um comentário