Petrobras: Compass não foi qualificada na Gaspetro por não atender exigências do TCC

LinkedIn

A Compass Gás Energia não foi qualificada para a sequência do processo de alienação de 51% da fatia da Petrobras na Gaspetro por não atender exigências do Termo de Compromisso de Cessação (TCC) firmado entre a petroleira e o Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade).

O comunicado foi feito pela Petrobras (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) nesta segunda-feira (30).

“A Petrobras reforça o seu compromisso com a ampla transparência de seus projetos de desinvestimento e de gestão de seu portfólio e informa que as etapas subsequentes serão divulgadas ao mercado…”, afirmou.

A desqualificação da subsidiária da Cosan no processo para adquirir fatia na Gaspetro, que distribuiu 29 milhões de metros cúbicos diários de gás em 2019, havia sido divulgada na semana passada.

Prejuízo de R$ 1,5 bilhão; lucro líquido de R$ 3,2 bilhões excluindo itens não recorrentes

Petrobras registrou o terceiro resultado negativo seguido, com prejuízo de R$ 1,55 bilhão no terceiro trimestre deste ano, revertendo lucro de R$ 9,09 bilhões apurado no mesmo intervalo do ano anterior. Excluindo itens não recorrentes, a empresa garantiu que poderia ter registrado lucro líquido de R$ 3,2 bilhões.

“No 3T20 diversos itens não recorrentes impactaram negativamente os resultados. Destacamos a aprovação da adesão aos programas de anistia tributária afetando tanto o lucro líquido quanto o Ebitda ajustado e o prêmio pago na recompra de títulos, que afetou apenas o lucro líquido”, informou a companhia, em seu comunicado de resultados.

Deixe um comentário