Smiles aprova o pagamento de JCP no valor de R$ 53,9 milhões

LinkedIn

O conselho de administração da empresa de fidelidade Smiles aprovou o repasse de R$ 53,9 milhões, correspondentes ao valor bruto de R$ 0,4345 por ação. Os valores são referentes ao exercício de 2020 e serão imputados aos dividendos obrigatórios deste ano.

O comunicado foi feito pela Smiles (BOV:SMLS3) nesta quarta-feira (25).

O pagamento está sujeito à incidência de 15% de imposto de renda na fonte, exceto para acionistas que declararem imunes ou isentos até 23 de dezembro, informou a companhia. Terão direito os acionistas detentores de papéis da companhia ao final do pregão de segunda-feira (30).

Desse modo, as ações negociadas a partir de 1º de dezembro serão consideradas “ex-juros sobre o capital próprio”. O pagamento foi marcado para 29 de janeiro.

“Os acionistas que já indicaram conta bancária terão seus créditos disponíveis na conta corrente informada. Os acionistas que ainda não fizeram essa indicação receberão do Itaú, na qualidade de Instituição Financeira Depositária, no endereço cadastrado junto ao Itaú, aviso contendo informações sobre o pagamento, sendo que tal aviso deverá ser apresentado em uma de suas agências com instruções para processamento do respectivo crédito. Os acionistas usuários da custódia fiduciária terão seus créditos disponíveis conforme procedimentos adotados pela B3“, salientou a Smiles.

Lucro líquido de R$ 50,2 milhões

Smiles apresentou um lucro líquido de R$ 50,2 milhões no 3T20, resultado 66,4% abaixo do ganho registrado no mesmo período de 2019. A companhia associou a queda no lucro aos efeitos da pandemia de covid-19. Houve melhora em relação ao segundo trimestre deste ano, quando a companhia registrou prejuízo de R$ 400 mil.

A empresa credita que a volta parcial da atividade econômica “é parte da explicação para esses bons resultados”.

Ebtida  – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização –chegou a R$ 62 milhões, queda de 69,9% na comparação anual. No segundo trimestre o Ebitda ficou negativo em R$ 6,2 milhões. A margem Ebitda, por sua vez, ficou em 46,3% no terceiro trimestre desse ano, contra  resultado negativo de 11% registrado no segundo trimestre.

 

 

 

Deixe um comentário