Conselho da B3 aprova emissão de R$ 205 milhões em debêntures

LinkedIn

O Conselho de Administração da B3 aprovou a realização da sua 4ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações. O valor total de R$ 205 milhões.

O Fato Relevante foi divulgado pela empresa (BOV:B3SA3) nesta sexta-feira (04). A emissão será realizada em até duas séries com prazo de 120 meses.

“A emissão faz parte da gestão ordinária dos negócios da companhia e está alinhada às projeções de alavancagem financeira e distribuição de proventos pela companhia para o exercício de 2020”, explicou em comunicado a B3.

Confira o Fato Relevante na íntegra.

Lucro líquido recorrente de R$ 1,143 bilhão no 3T20

B3 fechou o terceiro trimestre de 2020 com lucro líquido recorrente de R$ 1,143 bilhão, um incremento de 34,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o release de resultados, houve crescimento de receita em todos os segmentos, exceto na infraestrutura para financiamento. A B3 teve forte alta do lucro no terceiro trimestre, refletindo volumes robustos no mercado de capitais, à medida que investidores pessoa física seguiram buscando alternativas para fugir do juro básico em mínimas recordes no país.

“Desde o começo do ano, a base de investidores de varejo cresceu 84% e atingiu 3,1 milhões de contas em setembro, crescimento expressivo que contribuiu com a manutenção dos elevados volumes negociados nas nossas plataformas”, afirmou a B3 no relatório.

→ B3 (antiga Bovespa), é a infraestrutura que organize e provem serviços de negociação de ativos. Além de trading e pós-trading, também possui uma série de serviços e produtos institucionais. A B3 possui R$ 114 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Deixe um comentário