CVC comunica emissão de ações ordinárias no valor de R$ 301,74 milhões

LinkedIn

A CVC (BOV:CVCB3) anunciou a emissão de 23,5 milhões de novas ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal ao preço de emissão de R$ 12,84 por ação, num valor total de R$ 301,74 milhões, além da consequente atribuição como vantagem adicional aos subscritores das novas ações de 23,5 milhões bônus de subscrição, na proporção de 1 (um) bônus de subscrição para cada 1 (uma) ação subscrita (“Bônus de Subscrição” e “Aumento de Capital”).

Sendo assim, cada Bônus de Subscrição confere ao seu titular o direito de subscrever 1,33 ação ordinária da Companhia, nas condições aprovadas pelo Conselho de Administração. Cada Bônus de Subscrição será exercível uma vez no período entre 1º de dezembro de 2020 e 29 de janeiro de 2021. Após o término desse prazo, os Bônus de Subscrição que não forem exercidos serão extintos de pleno direito.

A CVC informa ainda que “tendo em vista o deferimento do pedido de admissão à negociação dos Bônus de Subscrição concedido pela B3 e conforme informado em Fato Relevante divulgado em 17 de setembro de 2020, os Bônus de Subscrição podem ser negociados na B3 sob o código de negociação ‘CVCB11’ desde 21 de setembro de 2020, inclusive”.

Prejuízo líquido de R$ 172,2 milhões

CVC Corp prejuízo líquido das operações no Brasil de R$ 172,2 milhões no 3º trimestre deste ano, frente a um lucro líquido de R$ 5,5 milhões no 3 trimestre de 2019 pro forma, fortemente impactado pela queda na receita líquida decorrente da pandemia de covid-19.

O Ebtida ajustado – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi negativo em R$ 97,7 milhões no 3º trimestre de 2020, comparado a R$ 172,9 milhões no 3º trimestre de 2019 pro forma. A redução no Ebitda Ajustado no trimestre é resultado principalmente da queda de 85,7% da receita líquida resultante dos efeitos da pandemia.

 

Deixe um comentário