Dow Jones sobe conforme o mercado tenta recuperar recordes nos últimos dias de 2020

LinkedIn

As ações subiram na quarta-feira (30) em meio a um renovado otimismo com as vacinas, enquanto os investidores buscavam pistas sobre o andamento do estímulo fiscal.

O Dow Jones Industrial Average subiu 0,26%. O S&P 500 subiu 0,13% e o Nasdaq Composite avançou 0,15%.

A Disney (DIS, DISB34) subiu mais de 2%, liderando a alta do Dow Jones. Energia e materiais foram os setores de melhor desempenho no S&P 500, saltando mais de 1% cada.

O movimento de alta de quarta-feira veio depois que um regulador britânico aprovou uma vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford e AstraZeneca para uso emergencial. A aprovação seguiu-se à descoberta de uma nova cepa de Covid-19 no Reino Unido, que também foi confirmada nos EUA. As ações da AstraZeneca (AZN, A1ZN34) subiram 0,6%.

Wall Street também avaliou as perspectivas de maior estímulo fiscal, já que os legisladores continuaram a discordar sobre os pagamentos diretos aos americanos.

O Senado atualmente não tem planos de votar em um projeto de lei que aumentaria os cheques de US$ 600 para US$ 2.000. Essa medida foi aprovada pela Câmara na noite de segunda-feira. No entanto, o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, apresentou outro projeto de lei que vincula o aumento dos pagamentos às demandas do presidente Donald Trump sobre tecnologia e eleição.

Os pagamentos de estímulos começaram a sair na terça-feira à noite, disse o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

O número de casos da Covid continua aumentando. Os EUA estão agora registrando pelo menos 180.905 novos casos e pelo menos 2.210 mortes relacionadas ao vírus a cada dia, com base de dados da Universidade Johns Hopkins.

Com apenas dois dias de negociação restantes no ano, as principais ações estavam no caminho para terminar 2020 em alta. O Dow Jones subiu quase 7% no ano, enquanto o S&P 500 avançou 15,8%. Apesar de alguma pressão de venda recente, o Russell 2000 ainda está em alta de 19% no ano.

Mas o claro vencedor no ano continua sendo o Nasdaq Composite, que disparou 43,7%.

Deixe um comentário