XP movimenta US$ 1,235 bi em follow-on e Itaú Unibanco fica com US$ 956 milhões

LinkedIn

A XP Inc. (NASDAQ:XP) movimentou US$ 1,235 bilhão na sua segunda oferta subsequente de ações (follow-on) no mercado acionário americano desde a abertura de capital, em dezembro do ano passado. Foram emitidas 31.654.894 ações classe A, sendo 7.130.435 oferecidas pela empresa.

Os coordenadores da operação foram a própria XP, o Itaú BBA, o Morgan Stanley e o J.P. Morgan.

Desse total, US$ 956,454 milhões vão para o Itaú Unibanco (BOV:ITUB3) (BOV:ITUB4), que se desfez de 24.524.459 ações, equivalente a 4,26% do capital da empresa. Com a venda desses papéis, o banco ainda fica com 184,7 milhões de ações classe A (48,8% desse tipo de papel) e 45,9 milhões de ações classe B (25,3% desse tipo de papal), o que dá um poder de voto total de 29,4%.

Com a operação, a XP captou US$ 278,1 milhões. A operação deve ser concluída no próximo dia 7, segundo comunicado divulgado ao mercado nesta quarta-feira (02).

Na oferta, os papéis da XP foram vendidos a US$ 39 cada — com desconto de 3,48% em relação ao fechamento de US$ 40,41 desta quarta na Nasdaq.

Os valores captados serão investidos no crescimento da plataforma, com novos produtos; em marketing e propaganda, a fim de acelerar a aquisição de clientes; em áreas de negócios que já são lucrativas, como a divisão de ofertas de ações e crédito colateralizado; e no financiamento de potenciais aquisições, como nos casos da Fliper, Antecipa e DM10, entre outros.

Já o Itaú está revendo a estrutura da sua participação na XP, plataforma de investimentos e empresa de serviços financeiros que concorre diretamente em várias linhas de negócio do banco. Em comunicado na semana passada, o Itaú informou que decidiu transferir uma fatia de 41,05% que detém do capital da XP para uma nova holding, chamada de Newco, e vender essa parcela de cerca de 5% no mercado.

Deixe um comentário