Bolsas mundiais expressam otimismo após a posse de Joe Biden

LinkedIn

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta depois que Wall Street navegou para níveis recordes com a posse de Joe Biden como presidente dos EUA, com investidores esperançosos que haja mais apoio para a economia dos EUA em dificuldades, desencadeando uma recuperação para as exportações da região asiática.

O composto de Xangai na China continental subiu 1,07%, enquanto o Shenzhen Component avançou 1,95%. A China está impondo restrições de viagem mais duras antes do Ano Novo Lunar, à medida que os casos de coronavírus aumentam em várias províncias do norte. O festival que se inicia no próximo mês é a época mais importante do ano para reuniões familiares na China e para muitos trabalhadores migrantes é a única oportunidade que eles tem de voltar para suas casas, geralmente em zonas rurais. As autoridades preveem que os chineses farão 1,7 bilhão de viagens durante o feriado prolongado, o que representa uma queda de 40% em relação a 2019.

Contrariando a tendência regional, o índice Hang Seng de Hong Kong caiu 0,12%.

No Japão, o Nikkei subiu 0,82% no dia, enquanto o índice Topix avançou 0,6%. Dados divulgados pelo governo japonês mostraram que a terceira maior economia do mundo pode estar se recuperando, visto que as exportações para dezembro aumentaram pela primeira vez em dois anos, em 2% em relação ao mesmo mês do ano anterior. As importações caíram 11,6%, marcando o 20º mês consecutivo de quedas. A economia do Japão, como muitas outras em toda a região, foi abalada pela pandemia coronavírus, que esmagou o turismo e amorteceu a atividade econômica e o comércio. Tóquio e outras áreas urbanas do Japão estão sob estado de emergência, já que os casos de coronavírus tem aumentado ultimamente.

O Banco do Japão manteve a sua política monetária nesta quinta-feira. Em uma decisão amplamente esperada, o banco central japonês manteve sua meta para as taxas de juros de curto prazo em -0,1% e para os rendimentos dos títulos do governo de 10 anos em cerca de 0%.

O Kospi da Coreia do Sul avançou 1,49%. Na Índia, o BSE Sensex cruzou o nível de 50.000 pela primeira vez na quinta-feira, com o índice sendo negociado 0,47% acima.

Na Austrália, o S & P / ASX 200 subiu 0,79%, para 6.823,70 pontos. As mineradoras tiveram um dia positivo. BHP subiu 1,4%, Fortescue Metals avançou 0,2% e Rio Tinto fechou em alta de 1,7%. As produtoras de petróleo recuaram. Santos caiu 0,4% e Woodside Petroleum recuou 2%.

A taxa de desemprego da Austrália chegou a 6,6% em dezembro, de acordo com estimativas com ajuste sazonal divulgadas pelo Bureau de Estatísticas do país na quinta-feira, ante expectativas de uma leitura de 6,7% em uma pesquisa da Reuters e 6,8% em novembro.

O índice MSCI para Ásia-Pacífico exceto Japão foi negociado 0,75% maior.

EUROPA: As bolsas europeias avançam nesta quinta-feira em meio ao otimismo com a posse do presidente Joe Biden.

Líderes e demais autoridades deram as boas-vindas ao início da presidência de Joe Biden depois de quatro anos de relações tumultuadas durante a presidência de Trump. “Os Estados Unidos estão de volta e a Europa está pronta”, tuitou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, enquanto o primeiro-ministro britânico Boris Johnson disse no parlamento na quarta-feira que esperava “fortalecer a parceria entre nossos países”.

Após subir em oito frente as últimas 11 sessões, o pan-europeu Stoxx 600 avança 0,33% nas negociações matinais.

O alemão DAX 30 sobe 0,37%, enquanto o francês CAC 40 recua 0,09%. O IBEX 35 da Espanha e o FTSE MIB da Itália registram ganhos mais modestos, com alta de 0,06% e 0,03%, respectivamente.

Em Londres o FTSE 100 opera próximo a linha de abertura. Entre as mineradoras, Anglo American sobe 0,3%, Antofagasta sobe 0,1%, enquanto as gigantes BHP e Rio Tinto caém 1,1% e 0,7%, respectivamente. As produtoras de petróleo também tem um dia de realização. BP cai 1,1% e Royal Dutch Shell cai 0,7%.

Os mercados não esperam nenhuma mudança na decisão do Banco Central Europeu, prevista para manhã de hoje, com as atenções voltadas para a conferência de imprensa com a presidente do BCE, Christine Lagarde logo em seguida.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA operam em alta no pregão matinal de quinta-feira, depois que os principais índices atingiram altas recordes na quarta-feira.

O Dow Jones Industrial Average subiu 257,86 pontos, ou 0,83%, para 31.188,38 pontos. A Microsoft teve o impacto positivo no Dow, adicionando 52 pontos ao índice. O S&P 500 subiu 1,39%, cravando um novo recorde histórico. O Nasdaq Composite subiu 1,97%, também fechando em novo recorde, ajudado por um salto de 16% nas ações da Netflix devido aos fortes ganhos e resultados de assinantes da gigante de streaming.

O benchmark Russell 2000 que agrupa small caps subiu 0,42%.

A principal companhia aérea dos Estados Unidos, a United, caiu mais de 2% no “after-market” da quarta-feira, após os números trimestrais frustrarem e que as vendas continuariam a sofrer no início de 2021, conforme a pandemia do coronavírus se arraste.

Joseph Robinette Biden Jr. foi empossado como 46º presidente dos EUA na quarta-feira, sucedendo o ex-presidente Donald Trump. Durante um discurso inaugural pediu aos americanos que rejeitassem os esforços para semear a divisão e prometeu trabalhar também pelos eleitores que não o apoiaram: “A democracia prevaleceu” e agora espera-se que Biden trabalhe em sua proposta de lei de alívio ao coronavírus de US $ 1,9 trilhão. Ele já anunciou o retorno dos Estados Unidos ao Acordo internacional de Paris para combater as mudanças climáticas e reverteu um punhado de políticas de imigração rígidas promulgadas por Trump.

A temporada de ganhos continua nesta quinta-feira com Baker Hughes, Union Pacific e Citrix reportando antes do sino de abertura. Intel, IBM e CSX reportam após o fechamento na quinta-feira.

O Departamento do Trabalho divulgará os dados dos pedidos de auxílio-desemprego da semana passada às 10h30 de quinta-feira. Economistas consultados pela Dow Jones esperam que 925.000 americanos tenham entrado com pedido de desemprego na semana passada, abaixo dos 965.000 da semana anterior.

ÍNDICES FUTUROS – 7h20:
Dow: +0,09%
SP500: +0,16%
NASDAQ: +0,38%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: +0,90%
Brent: -0,82%
WTI: -0,83%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Deixe um comentário